Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

O Dilúvio Gaúcho: Uma Cantiga de Esperança

  Dilúvio Gaúcho: Uma Cantiga de Esperança O resgate da Égua Caramelo, criado por IA. Céus rasgados, feridas abertas! Raios faíscam na noite escura, Trovoadas rugem como feras famintas, Chuva implacável, dilúvio sem cura. O Rio Grande, gigante adormecido, Transborda em fúria, monstro desperto! Engolindo casas, sonhos e memórias! Em marcha implacável para o mar aberto. Gritos ecoam na noite tenebrosa, Suplicando ajuda em vão, em clamor! Famílias separadas pela correnteza impura, Lares desfeitos, futuro em suspenso, dor. O luto paira no ar úmido e pesado! Lágrimas brotam como flores murchas, sem cor. Memórias de vidas que se foram num segundo. Em um piscar de olhos, tudo tragado, sofrimento e horror. Mas no meio da dor, um brilho teima em surgir. A força do povo gaúcho, inabalável, sim, senhor! Unidos em laços de fraternidade e amor. Reconstruindo vidas com fé e bravura, um novo ardor. E lá, em meio ao caos, um cavalo ergue-se! Caramelo, bravura em meio à fúria das águas. Resistindo com

A maior revolução tecnológica do século XXI foi a “internet”.

O sistema de dominação do mundo é a “internet” em todas as áreas do conhecimento.





Na imagem está inscrito: World Wide Web, é o sinônimo de “internet”. A convivência humana real e virtual, na World, Wide e Web que é o sinônimo de “internet”.
A convivência humana real e virtual, na World, Wide e Web que é o sinônimo de “internet”.


O inventor da “internet”, o britânico e físico Tim Berners-Lee, certamente estaria feliz pela sua descoberta porque já ajudou muito a humanidade. Contudo, por outro lado, um tanto decepcionado em razão dos malefícios que ela tem causado a sociedade.


É impossível não se reportar a criação da “internet” como a maior invenção que gerou a revolução tecnológica deste século. No entanto, a data dessa criação extraordinária é o 12 de março de 1989 o mundo nunca mais será o mesmo, a revolução na tecnologia na forma de se comunicar em tempo real, somente se aperfeiçoa sem limites. Praticamente a explosão desse feito da era digital teve seu início na interligação entre dois computadores pelo gênio da informática e físico Tim Berners-Lee. No entanto, não se pode fazer injustiças e esquecer aos demais colaboradores desse projeto revolucionário da história recente da tecnologia. Confira aqui os demais.


Em suas experiências ele revolucionou o Planeta Terra para sempre. Ele construiu a “internet” a rede de computadores interligadas, entre 2 ao infinito. No entanto, assim foi como se formou a grande teia da era digital, da comunicação em alta velocidade, em tempo real e em cristalina definição de som, imagem e cores, além da infinidade de dados que circulam nessa interligação sem ou rede sem fim.


O começo da “internet” foi um tanto complicado.


Evidente, como todo o início de um projeto, é difícil, no entanto, não foi da comunicação pela via interligada entre as máquinas dos Desktops. Naquele sistema era mais complexo, ao se comparar a hoje, porque era uma descoberta nova.


Evidente que na época funcionava porque é novo modelo de sistema. Contudo, acompanhava uma linguagem analógica (a geração de hoje nem sabe o que poderia ser), no entanto, rodava bem. Todavia, com o passar dos anos essa atividade foi se aperfeiçoando de maneira célere, para novos sistemas mais complexos nesta área da tecnologia da informação. Neste processo evolutivo chegou ao que se tem hoje, era digital em sua quase totalidade. Todavia, ainda não é o fim é a continuação de que, nada nesta área se tem um ponto final, mas, sim se tem são reticências.


Contudo, não pense você, que tudo está completo, porque ainda está na fase do engatinhar e certamente, nunca chegará a um fim; porque o que há de mais moderno em lançamento hoje, amanhã já é classificado obsoleto. No entanto, outra empresa concorrente e nos próximos dias terão novidades é um ciclo, de contínuo de renovação.


No entanto, sempre existirá desenvolvedores criando sistemas mais complexos e dominadores e ainda assim, nada estará pronto. Cada gigante dominadora das Bigtech, inventam seus métodos técnicos, para a dominação do mundo em todas as áreas do conhecimento. Vem aí a próxima inovação tecnológica da era digital que é badalada inteligência artificial que poderá ser o suprassumo, dessa revolução do século XXI. No entanto, não se sabe muito dessa nova geração tecnológica, entretanto, vai impactar ainda mais a vida de todos os seres humanos, ainda mais do que já ocorreu essa profunda repercussão com a primeira revolução da tecnologia, que foi a explosão do nascimento da “internet” que se tem atualmente.


A teia da comunicação digital, compactou as atividades do homem em chips.


A teia tecnológica da era digital compactou o saber em circuitos integrados em pastas e arquivos virtuais, entrelaçou e esfriou as relações sociais em simples cliques e interferiu de maneira drástica, em todos os poderes do mundo, tanto para o bem, quanto para o mal. Atualmente o mundo se transformou numa única aldeia sem barreiras geográficas, distâncias e idiomas.


O seu crescimento é tão assustador que alguns governantes, já elaboram regras para o controle neste convívio social, privacidades dos negócios e no meio político, científico e econômico.


O avanço assustador da “internet” nas decisões humanas.


Em 34 anos de existência a “internet” avançou surpreendentemente e de maneira assustadora, ela engoliu tudo o que era palpável e transformou em virtual. Não obstante, tudo ocorreu em todos os campos do conhecimento humano. Chegou às instituições financeiras, educacionais, artes, políticas, governamentais, dados do clima, navegação via GPS, os sistemas de controles da população como os órgãos federais de segurança, arrecadações, previdenciárias, agronegócios, e tudo o que vier a mente atualmente a “web” domina.


Na pandemia da COVID-19 a “internet” foi muito importante.

Todos hão de convir que durante a pandemia mais letal do mundo, a “web” teve um papel importante e preponderante para auxiliar a toda população. Contudo, foi sem exceções e inicialmente, todos correm perigos de morrer porque na época não havia vacinas para atacar o vírus desconhecido. Ele disseminou numa velocidade incrível e ajustadora. Ela foi importantíssima para os auxiliares e os cientistas para descobrir o antídoto eficaz em forma de vacina para imunização da população do Planeta Terra, que foi contaminado.


Muitos heróis e heroínas da linha de frente da COVID-19, perderam suas vidas ao tentarem salvar a dos acometidos pela doença, foram milhões de pessoas no Brasil e no Mundo.


No entanto, além de ajudar a ciência e os cientistas pesquisadores, ela mudou o estilo de vida da população que permaneceram em quarentena e em confinamentos em suas casas, obrigados por lei, para evitar se contaminar e espalhar o vírus nos locais de trabalho e públicos.


O vírus fez fechar tudo, entretanto, uma parcela grande de heróis da população (área da saúde) estavam na linha de frente no combate ao micro-organismo e assim poder socorrer os doentes.


Neste contexto ruim a “internet” teve uma excelente função para ajudar a todos na comunicação, na elaboração de relatórios estatísticos da evolução da doença. Os criadores de aplicativos construíram muitos para ajudar a população e na saúde surgiu várias ferramentas como a telemedicina para os médicos ajudarem os pacientes.


O ritmo de vida do povo girava em torno da “web” desde os pedidos para de alimentos e medicamentos nas farmácias, compras de tudo que se possa imaginar e as aulas todas “online”. Neste episódio dramático da humanidade a “internet” teve uma função importante e não pode ser esquecida. As empresas continuaram a trabalhar nos home office e assim, muitos trabalhadores não perderam seus postos de trabalhos e ajudaram muitas companhias de grande porte empresarial, permaneceram no atendimento “online” aos clientes. São coisas positivas da “internet”.


Os perigos e abusos da “internet” são colossais.



A foto mostra alguém trabalhando e, ao mesmo tempo, no seu home office navegando.
A foto mostra alguém  no seu home office navegando.


Infelizmente tudo neste mundo tem seu lado positivo e negativo, perfeição não existe, mas erros sim e devem ser corrigidos para evitar problemas futuros e maiores. A “internet” há sim, muitos perigos e abusos de todos os tipos. Muitos são quase impossíveis de corrigir e outros há possibilidades de se cortar o mal pela raiz. As notícias falsas são problemas em toda a “web” e podem ser combatidas com leis enérgicas.


É lamentável! Algo que nasceu como ferramenta importante para ajudar as pessoas viverem melhor, está se transformando em uma nocividade para a humanidade. Todavia, essa situação precisa ter regras claras para funcionar bem e sobretudo, respeitar a vida das pessoas na convivência virtual.


O mais grave atualmente quem manda neste setor é o poder do dinheiro sob o controle de poucas plataformas que mantém as restrições de tudo e todos desde o despertar ao adormecer. Isso precisa de controle universal é uma questão de privacidade que essas plataformas violam e sem punições.


No entanto, sugiro que as Nações Unidas convoquem uma sessão extraordinária para debater esse tema da “web”, porque é um assunto de segurança internacional, porque estão a interferir nas decisões dos governos do Brasil e do mundo.


A interferência é real nas decisões parlamentares.

O mais preocupante é quando a “internet”, através das plataformas que têm o poder econômico das bigs tech, para manipular essa teia, começam a interferir na vida pessoal dos cidadãos e sobretudo, dos governos nos parlamentos. Além de outros departamentos os quais, certamente ninguém nem imagina que estejam a ser espionados.


O mais grave é quando há interferências nas decisões dos governos de qualquer país no campo político, econômico e social. Veja o que está ocorrendo no Brasil, no âmbito da aprovação do PL 2630 no Congresso Nacional. É inaceitável, os ataques frontais, através das plataformas digitais contra a aprovação desse projeto contrário as notícias falsas.


No PL 2630 tem nestas propostas alguns artigos os quais responsabilizam aos diretores das Big Tech. Elas terão que arcar com pagamentos à justiça do Brasil no caso de serem elas coniventes com os autores da produção e divulgação das notícias falsas. Todavia, todas elas serão punidas com a severidade da lei, no caso se juntas forem coautores dos crimes, das mentiras espalhadas nas redes sociais. Elas serão punidas de acordo com a severidade da lei a ser aprovada.


O que ocorreu no dia que poderia ter sido aprovado a lei é inaceitável!

Na véspera da votação do projeto de lei 2630, a Google fez uma publicação contrária a essa proposta de normas, desvirtuando totalmente a essência do esboço dos preceitos contra as mentiras falsas, a Câmara dos Deputados foi obrigada a suspender.


O aplicativo Telegram fez a mesma interferência ao disparar mensagens em massa contra o projeto de lei que pune os disseminadores de mentiras nas redes sociais. Contudo, o STF agiu energicamente, como deve ser e obrigou a rede social apagar as Notícias falsas e publicar uma nota do STF que desmente as inverdades disparadas em massa pelo Telegram.


A Google ainda vai ter que se haver com a justiça do Brasil, para explicar o porquê de tantos ataques à aprovação do PL 2630. Essa plataforma é contrária ao projeto de lei que está em tramitação no Congresso Nacional. No entanto, assim será com a empresa administradora do Facebook, WhatsApp e Instagram a meta, se atentar contra as decisões do Parlamento do Brasil.


Todos esses fatos recentes mostram como a “web” evoluiu grandemente e começou a prejudicar a sociedade brasileira e o mundo em suas atividades e decisões que somente os parlamentos de cada nação democrática cabe a decidir. A “internet” deveria servir como excelente ferramenta para ajudar nos trabalhos para confeccionar as rotinas de qualquer instituição e nunca ter esse poder para decidir algo de concreto, tendo em vista os lucros à custa dos sofrimentos das pessoas.


Não obstante, ao chegar a esse ponto ela perde a sua essência que seria de facilitar e ajudar e não prejudicar a sociedade e democracia do Brasil e do mundo.


Nunca se poderia esquecer os estragos que as notícias falsas, as quais dispararam em massa, nas eleições presidenciais de 2018 no Brasil. Através dos disparos em massa de notícias falsas nos aplicativos móveis dos cidadãos para beneficiar o presidenciável bozonaro e prejudicar o presidenciável Fernando Haddad. O país pagou um preço amargo ao eleger uma pessoa totalmente desqualificada e despreparada para assumir o cargo mais importante: o de Presidente da República do Brasil. O cargo que nunca este ser inominável poderia ter assumido, desgovernou o Brasil por 4 anos. Entretanto, no regime democrático é assim até o móvito, abominação se foi resultado de um cochilo, se é eleito pela maioria precisa ser respeitado, todavia, os efeitos colaterais são dramáticos e perdurará por muitos longos muitos anos.

Comentários

  1. O país pagou um preço amargo ao eleger uma pessoa totalmente desqualificada e despreparada para assumir o cargo mais importante: o de Presidente da República do Brasil.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.