Pular para o conteúdo principal

O negacionismo mata e a Ciência salva vidas.

A Ciência está a favor da vida, o negacionista é sinal de morte.
 

O vídeo com desenho animado. Mostra aspectos químicos, laboratório de pesquisa cientifica. Ao lado  está inscrito: A Ciência é defensora da vida.
A Ciência é a defensora da vida. 


Nunca na história recente tem-se discutido e discutido tanto sobre a palavra negacionismo e seus adeptos desta teoria sem fundamentos filosóficos, científicos e éticos, quanto agora. Principalmente agora doloroso da pandemia e tantos outros temas da realidade que o negacionista procura sob todas as formas negarem a fatualidade, sem sucesso porque não há refutação seguras provenientes da parte deles.

Existe sim, um embate duro entre a Ciência e o negacionismo. Os cientistas que trabalham com métodos seguros, fundamentados desde os pais das sapienciais pesquisas, os pré-socráticos e depois como René Descartes com o seu discurso do método, o marco científico o qual inaugurou e revolucionou a Ciência Moderna; contudo, todos apresentaram contribuições importantes para a vida humana.

Nunca esquecer que os antigos filósofos gregos se pautaram na ciência da natureza. Eles eram versados para descobrir os mistérios da natureza. No entanto, elaboraram o esboço para a Ciência moderna. Os antecessores de Descartes, foram fundamentais para as discussões das bases científicas da Ciência moderna. De tal modo, que ocorreram com os sucessores de René Descartes, os quais constituíram a Ciência moderna, segura para as pesquisas de quaisquer naturezas e refutar o negacionismo; essa teoria da morte sem fundamentos filosóficos e éticos.

René Descartes é este divisor entre a pré-ciência e a Ciência moderna.

 

A partir do filósofo René Descartes, a Ciência inaugurou os fundamentos preliminares para a pesquisa científica da época e principalmente para os novos cientistas e suas novas pesquisas futuras. Tudo através de novos métodos prósperos e seguros para desvendar os mistérios dos vírus causadores das enfermidades. Além das demais tecnologias, as quais venham a favorecer a vida do homem, nesta época de grandes mudanças de extrema velocidade na era digital. A Ciência avançou na era moderna e sempre está focada na defesa da vida. Preocupada para descobrir a comodidade, o bem-estar e a qualidade de vida; para o homem desta era contemporânea e digital.

A preocupação em todas as épocas para os cientistas são a descobertas dos antídotos e as vacinas para erradicar as enfermidades, as quais já assolaram o mundo, durante as grandes doenças, surtos, epidemias e pandemias, que levaram ao (óbito) centenas, milhões e bilhões de seres humanos em toda a história. Além daqueles outros tipos de achaques que até hoje são incuráveis.

A Ciência é a defensora da vida, o negacionismo é o patrono da morte.

 

O negacionismo é uma falácia em si mesmo. Este termo que se pode denominar de neologismo, mas os adeptos dessa teoria insana, só tem a má intenção da negação por negar. Eles procuram negar de maneira absurda, os fatos mais óbvios da História. Não obstante, são refutados até o fim, com dados e argumentações robustas e impossíveis de objeções.

Os adeptos dessa ideia sem base teórica em quaisquer áreas do conhecimento, não passam de pessoas alienadas, eles têm a pretensão de obter mel de serpentes venenosas.

Certamente, nenhum deles (negacionista) consegue argumentar e muito menos de definir o termo negacionismo, sobretudo, de forma metódica, que seja convincente a qualquer pessoa que tenha o mínimo de formação e o conhecimento das ciências exatas.

No entanto, essa gente do mal, tem a capacidade infeliz de difundir essa teoria que não se sustenta a quaisquer argumentações; e se quer de um simples exercício de lógica. Não obstante, eles têm a intenção de matar as pessoas e principalmente de desconstituir, as ideias metódicas das Ciências exatas, humanistas, políticas e sociológicas. Todavia, não conseguem pôquer são iguais à fumaça, as quais chegam e se dissipam, na mesma medida que aparecem.

O negacionista pífio do Brasil, só espalha Fake News.


Aqui reside o perigo dessa gente maldosa a qual se intitula de (negacionista) sem ao menos saber realmente o significado da palavra. Contudo, eles em plena maldade espalharam e difundem, notícias falsas sobre todas as coisas e principalmente agora em relação à pandemia. Cada notícia falsa disseminada nas redes sociais, sobre as vacinas e a pandemia podem a vir a contaminar e matar centenas ou milhares de pessoas na sociedade.

No entanto, neste estágio de maior disseminação do vírus da COVID-19 e suas variantes como a Omicron eles fazem as divulgações mentirosas sobre os vírus e as vacinas de maneira irresponsável e criminosa.

O negacionista pífio do país é tão maldoso, egoísta e criminoso, que os seguidores desta seita, se recusaram desde o início da campanha de vacinação contra a COVID-19 no Brasil até agora. Essa gente manipulada por alguém são tão egoístas e criminosos, que não se importam consigo, nem com a família deles e muito menos com os amigos e a sociedade.

Eles querem se auto justificar na questão do (livre arbítrio), contudo, essa tese não cabe nesta situação pandêmica e nem se sustenta juridicamente, porque nesta circunstância de pandemia mundial, o que se deve imperar é a coletividade e não o egoísmo e o almejar pessoal.

O STF determinou que a vacinação é obrigatória para todos os brasileiros.

 

A imunização contra a COVID-19 é obrigatória? Assim determinou o Supremo Tribunal Federal. Em 16/12 pela vacinação compulsória contra a doença, conforme determina a Lei 13.979/2020.

Portanto, o negacionismo tem uma única e exclusiva missão: a de matar mais pessoas no Brasil e no mundo. Estes bufões procuram desmerecer a Ciência, mas não terá a capacidade argumentativa para tamanha aventura.

Não se pode subestimar o poder que está por trás deste movimento negacionista, que são pessoas poderosas ligadas ao pensamento fundamentalista religioso. Contudo, contém várias correntes das igrejas pentecostais, que tem como objetivo aos desincentivos, a população recusar a não se vacinar para atender a quem esteja no comando dessas pessoas no Brasil e no mundo.

O negacionista é o grande responsável pelas ondas da doença da Covid-19 porque eles não se vacinaram e segundo todos os infectologistas, são os principais contaminadores de milhares de pessoas no país.

Muitos negacionistas ao se recusarem a receber os imunizantes ao alegarem a questão religiosa ou negacionista foram ao óbito. Todavia, eles não são nenhum exemplo para ninguém os seguiu e muito menos, seguir as suas atitudes tolas.

O Supremo Tribunal Federal deveria ser extremamente rigoroso em relação à atitude do negacionista. Trancar o CPF de todos aqueles que resistissem a tomar vacinas contra essa pandemia que está longe do fim, em razão destes não vacinados.

Se a vacina é obrigatória para todos, então a Suprema Corte da Justiça, já poderia criar mecanismo para obrigar o negacionista a se vacinar. O negacionista seja no Brasil ou no mundo é o agente da morte e cria embates contra a Ciência para desviar o foco da realidade pandêmica que mata.

Todavia, se todos os cidadãos do mundo, já estivessem sido vacinados, certamente essa pandemia, estaria terminado e a vida voltaria à normalidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.