Pular para o conteúdo principal

A maioria votou para a desgraça brasileira.

O peso, o valor e as consequências do seu voto.

Agora é o momento de refletir no peso e no valor do seu voto. O voto de todos os cidadãos é importantíssimo e certamente muitos eleitores não tinham consciência da força que seu voto tem. Ele pode ser usado tanto para o bem, quanto para o mal.
A imagem diz:voto,
Agora é o momento de refletir no peso e no valor do seu voto. O voto de todos os cidadãos é importantíssimo e certamente muitos eleitores não tinham consciência da força que seu voto tem. Ele pode ser usado tanto para o bem, quanto para o mal. Nas eleições majoritárias ficou bem clara essa realidade. A maioria de maneira consciente ou induzida pela força das fake News do aplicativo mercenário o Whatsapp usou poder do seu voto a serviço do mal. A maioria, se é que foi democrática, escolheram o caminho do mal para governar o país.
Os resultados de sete meses de administração têm sido desastrosos e no porvir se não mudar, que quase impossível, ele levará a nação ao caos em todos os contextos. Certamente, os eleitores que elegeram esse senhor, uma grande parcela aprenderá que seu voto tem peso e valor e serve para enaltecer ou derrotar a democracia. Aprenderam a lição e nas próximas eleições comecem a valorizar o seu voto a serviço do bem, escolhendo seus governos municipais. Em 2018 escolheram uma pessoa tosca para governar o país e todos estão sentindo na pele todas as consequências. Que não se repita nas eleições presidenciais de 2022, se ainda ocorrem.  

Atualmente o país está mergulhado nas trevas da ignorância.

Os eleitores elegeram o pior presidente da história do Brasil. Ele é o   símbolo do atraso, das trevas, do ódio, e do revanchismo. Visivelmente mostra ser uma pessoa desequilibra, sem cultura e sem as mínimas condições para administrar o país tanto interno quanto externamente.
A imagem diz: Brasil.
Os eleitores elegeram o pior presidente da história do Brasil. Ele é o   símbolo do atraso, das trevas, do ódio, e do revanchismo. Visivelmente mostra ser uma pessoa desequilibra, sem cultura e sem as mínimas condições para administrar o país tanto interno quanto externamente. Podem observar que em todas as vezes que esse senhor abre a boca é um vexame nacional e internacional.
O chefe de Estado brasileiro é grosseiro, tosco e asqueroso. Ele agride a imprensa, os artistas de formas grosseiras, utiliza de vocabulário reles repugnante, e incompatível para um Presidente da República.

Ele usa de palavras pejorativas e preconceituosas, para com os governadores da região Nordeste, que são os legítimos representantes do povo, utiliza de palavras esdrúxulas, recheadas de ódio e preconceito para com todos os cidadãos.
Nos encontros internacionais quando abre a boca é um desastre. Não tem habilidade diplomática para lidar com outros chefes de Estados do mundo.  O Brasil somente passa vergonha a nível mundial com essa pessoa no cargo mais importante da nação.
Não mede consequências em ferir verbalmente os sentimentos das pessoas. Ele destila o veneno do ódio sobre todos que ele os considera inimigos.  O último episódio de tantos, em sete meses de governo, foi com o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) relembrando do trágico desaparecimento do seu pai em 1974, em plena ditadura sangrenta dos militares. Houve uma repercussão enorme nas redes sociais. Muitas autoridades sugerem o pedido de impeachment por quebra de decoro. Apesar que ele faz isso diariamente e infelizmente nada ocorre. Permanece o “dito pelo não dito” tudo na normalidade possível.

Brasil sem esperança e mergulhado na miséria.

A imagem mostra o botijão de 13 quilos o gás de cozinha (GLP) onde o boçal do presidente bozo171 sugeriu aos consumidores comparem a metade uma insinuação debochada para baixar o preço do gás que é indispensável para todos preparem as refeições.
Botijão de gás de cozinha (GLP) o bozo171 sugeriu em tom de deboche comprar a metade.
Atualmente temos um país sem esperança, a recessão é concreta, em todos os setores da economia.  O povo está passando fome, mas o presidente declarou que “fome no Brasil é uma grande mentira”, contudo na mesa dele, essa realidade é mesmo mentira. Ele desfruta de grandes banquetes que daria para alimentar milhares de famintas, só com as três ou mais refeições que ele faz ao dia. A realidade é fato, cruel para todos.

Até o botijão de 13 quilos do gás de cozinha (GLP) está permanecendo insuportável para comprar, porém o boçal do presidente bozo171 sugeriu aos consumidores comparem a metade uma insinuação debochada para baixar o preço do gás que é indispensável para todos preparem as refeições. A média de preços do gás de cozinha está em R$ 80,00, mas já existem cidades onde os revenderes cobram R$ 100,00 a solução é cozinhar em fogões improvisados a lenha e outras gambiarras que são perigosíssimas e podem causar incêndios nas casas. 
O Estado dele o Rio de Janeiro, triplicou o número de famintos e de pessoas que estão morando nas ruas. Essa realidade cruel se espalha em todos os recantos do país. Quanto maior é a capital ou cidade, também maior são os números de pessoas famintas, e moradoras de ruas. Essa situação tende a se agravar nos próximos meses, porque não existe nenhuma perspectiva de desenvolvimento econômico.



Nenhuma política foi apresentada para alavancar a economia. As únicas propostas que foram apresentadas são aquelas de empobrecimento para a nação. Exemplos, a reforma da previdência, que irá empobrecer horrivelmente os brasileiros a curto e a longo prazo. Se a situação já é insuportável para as pessoas que dependem da aposentadoria, esse benefício social de direito, quando retirado, será desastroso para os próximos anos.
A extrema direita fez a reforma trabalhista para gerar milhões de empregos. O que está ocorrendo, atualmente são mais de 14 milhões desempregados. As grandes empresas fechando as portas, a multinacionais, indo embora para seus países de origem. O petróleo e as refinarias estão sendo vendidas a preços de irrisórios para o exterior e assim, o país vem perdendo credibilidade de investimentos e o povo empobrecendo diariamente. Os eleitores desse presidente são os responsáveis por todas as desgraças e misérias do país.

O que fazer daqui para frente com essa realidade desoladora.

A imagem diz:greve geral.
Diante desse quadro desolador no qual se encontra o país, não há uma alternativa a população ocuparem as ruas interruptas. Os setores organizados do país precisam tomar as
ruas de todo o país exigindo o impeachment desse presidente despreparado para governar o Brasil. O melhor mesmo seria ser cassada essa chapa que foi eleita sob a batuta das fake News do Whatsapp. Não obstante se houvesse justiça séria no Brasil e determinasse justiça isenta para fazer a assumir a chapa do Professor Fernando Haddad, que recebeu (44,87% = 47.040.906 milhões) de votos válidos, mas sem conchavos e mentiras, todavia com projetos claros de governo. Somente assim, para recolocar o país no caminho do desenvolvimento econômico, da justiça social e da paz entre os brasileiros. Além, do mais, o país voltaria a ser novamente a ser respeitado no mundo.

Vamos para as ruas sem medo para reconquistar a democracia e a nossa dignidade como cidadãos e cidadãs desse país. As paralisações de um dia são benéficas e surte pressão, mas não é suficiente para derrubar esse governo que somente faz o mal para todos. É imprescindível que as manifestações sejam permanentes e fortes para resultar em mudanças verdadeiras para a nação brasileira. Seria fundamental todas as entidades e movimentos sociais construírem esses movimentos de um dia em greve geral por tempo indeterminado até esse presidente grosseiro cair.   Os sindicatos, diretórios acadêmicos, igrejas, OAB, e as demais entidades públicas têm esse compromisso de chamar a população para ocupar todas as ruas do Brasil, antes que seja tarde e se instalar de vez um regime autoritário que está prestes a ocorrer.   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.