Pular para o conteúdo principal

Atualmente a política no Brasil está sob o domínio da direita.

Atualmente a conjuntura política nacional é complexa e incomum.


A imagem mostra a bandeira do Brasil. 

A conjuntura política do Brasil é simplesmente surrealista e dificílima para uma compreensão do todo. O país se encontra soterrado na maior crise política dos últimos tempos e não se saberá o que poderá ocorrer com os futuros desdobramentos dessa crise, que corrompeu todos os poderes. Hoje os poderes defensores do povo, que não poderiam se partidarizarem, estão sim partidarizados e trabalham de maneira dependente, parcial e o mais grave, passaram a defender direita e condenarem a esquerda, são celetistas. autonomia
Existem grandes dificuldades até mesmo, para se elaborar uma análise completa, sem que possa correr o risco de deixar de fora, alguns fatos políticos, que atormentam e fragilizam; dia a pós dia a democracia. São muitos acontecimentos estranhos, e perigosos, arquitetados através da direita odiosa, abalizados pela mídia golpista, partidos direitistas e a justiça injusta e celetista.  Essa situação vem ocorrendo durante esses últimos 13 anos dos governos populares no país, os quais promoveram importantes mudanças sociais para a nação, principalmente para os mais pobres. 

Não se poderá jamais esquecer que o país foi durante esses 13 anos colocado na vitrine do mundo, pelas as ações eficazes de combate a fome a miséria do povo.  A população saltou qualitativamente, em todas as áreas sociais, algo que nunca a elite direitista, aceitaria a população pobre, ter qualidade de vida. Em razão dessa   clara valorização dos cidadãos sofridos, a elite se enfureceu, e começaram em conjunto arquitetarem planos para barrar essa ascensão social dos habitantes menos desfavorecidos. Na história desse país   sempre foi assim, e será, a elite tem raiva   dos pobres. O legitimo contrassenso, por que são os trabalhadores, que produzem as riquezas com seu árduo trabalho a troco de um misero salario, e assim eles, mantém o luxo da burguesia. E ainda assim, são escarnecidos, manipulados e odiados pela elite dominante brasileira. 

Visto que, a dominação política, esteve sempre sob o domínio da elite nacional; eles conseguiram implantar o ódio e o preconceito entre os brasileiros durante estes anos de administrações populares. O grau de dificuldade é tremendo quando se olha para a democracia, totalmente fragilizada, para se obter uma clareza real, e compreender os fatos, que estão levando ao caos, a nação.  Como o tema é atualíssimo, no campo da geopolítica, é impossível elaborar qualquer tese sem retroceder e visualizar os fatos da História do Brasil, para numa tentativa de formalizar uma compreensão da contemporaneidade, no campo político nacional.
É sabido que durante estes mais de quinhentos anos de história, a classe dominante brasileira, sempre manteve o poder sob seu domínio. É próprio e de praxe, a burguesia manipular as pessoas do senso comum. É uma maneira ardilosa, para que essa mesma parte majoritária, da população manipulada, possa através de vários meios e formas astutas, consigam ingênua e fiel, sustentarem os algozes do povo.

A função da mídia no Brasil é de manipular o povo e promover todos os golpes a democracia.

A mídia golpista brasileira.
A grande mídia brasileira, sempre esteve e estará, contra a nação. Historicamente tem prestado desserviços a democracia do país. Não é sem fundamentos, que ela recebeu esse título de mídia golpista. Ela sempre foi coautora em todos os sentidos, dos mais cruéis golpes da história do país e principalmente, a partir da década de sessenta, onde a atuação dessa mídia contrária aos interesses da nação, foi e continua a ser a mais vil, nas áreas das telecomunicações sociais. Se aprofundou de maneira violenta, desleal e corrompida na era digital. Onde as informações falsas e perigosas na web, são instantâneas.  Diante desse contexto de tantas maldades contra a democracia existe no Brasil o PIG (Partido da Imprensa Golpista) que tem uma função claríssima a de golpear a nossa democracia do Brasil. E essa imprensa ou mídia golpista, conseguiu manipular de tal forma o povo, que estes vieram a apoiar o golpe de 2016. O PIG está por traz de todas as mazelas da nação.

A mídia golpista, conseguiu desde os golpes de 1964 e o recém de 2016, transformar, uma enorme parcela da população em submissa a todas as mentiras veiculadas; como sendo verdades. E assim, ter o poder de manipular descaradamente e com facilidades muitas pessoas que seguem suas grades das informações e programações, más intencionadas.
A mídia golpista é a grande porta voz da classe dominante, onde estão enraizados todos os partidos de direita e os poderes de estado, os quais juntos, tem a função de escravizarem e fazerem grandes injustiças contra o povo há séculos.

A manipulação da população, foi e sempre, será a arma letal, dos poderosos, para se perpetuarem nos poderes. O povo   sob seus controles, em quaisquer contextos históricos, se transforma em presas fáceis de dominações, em todos os poderes que constituem a nação. Essa tática abominável de manusear as consciências, da maioria da nação brasileira, sob quais quer meios e pretextos, como os convém, faz com que a elite tenha controle absoluto do povo. É uma das práticas perversas da elite direitista, ela se utiliza desse expediente condenável, para manter o povo   nessa condição de escravos. Escravos de suas ideologias reacionárias, e ruins para todos aqueles   brasileiros que são levados a pensar e agir iguais aos dominantes, mas na realidade são escravizados em tudo e em todas as áreas sociais.
Essa situação horrorosa já   aconteceu no passado e ocorre infelizmente com mais força na história recente do país. É constatada evidentemente, em todos os períodos da história as dominações, e se percebe a voz forte e odiosa, da elite reacionária nacional, sobre os dominados. Isto é, a classe pobre; a base da pirâmide social brasileira, geralmente é manipulada, e ainda assim, apoia de maneira induzida a burguesia nacional de todos os poderes. Isso ocorre em diversas circunstâncias históricas, e decisivas onde a pirâmide social dominada, vive e pensa a exterioridade, submissa a consciência dos dominadores, para os servirem sob as obstinações da direita; sem murmurações. Para a classe dominada é normal o que a direita dominante faz de mal. E principalmente, agora com o advento   da nova classe social, os pobres de direita; e estes aceitam todas as situações de dominações e explorações, como práticas normais e naturais.

Portanto, a democracia do Brasil está muitíssima fragilizada e a direita odiosa é totalmente responsável, por esta situação de desestabilização da recém redemocratização brasileira. Foram eles que dia a pós dia, foram semeando o ódio, e o preconceito generalizados, entre a nação desde a derrota presidencial nas eleições de 2014. A partir daquele instante eles não perderam um segundo até a consumação do golpe e na sequência, assumiram o poder de maneira ilegítima, sem votos, sem o consentimento majoritário do povo, e democrático, quando a vontade popular deve emanar das urnas, como manda a constituição.

O governo antipopular, e filho do golpe de 2016, está levando o país a bancarrota. Os direitos sociais e previdenciários estão sendo cortados um a um e a população, aos poucos, está começando a perceber, essa trágica e cruel realidade, no cotidiano quando buscam seus direitos trabalhistas na justiça do trabalho e não encontram mais. O patrimônio público, está sendo dilapidado, por esse   governo golpista, ele vende tudo do que ainda resta (doando) a preços irrisórios as multinacionais.
A miséria está de volta as portas das casas dos brasileiros. São mais de 13 milhões de trabalhadores desempregados, e sem perspectivas de vida. A fome começa a assolar a nação por inteira e a cada dia se perde a qualidade de vida.

Para mudar essa situação ruim para o país somente existe uma saída a realização das eleições gerais.

Eleições gerais 2018
Somente resta uma alternativa para mudar essa situação perigosa. São as realizações das eleições gerais de 2018, previstas para outubro próximo. É lá onde poderá surgirá alguém pela vontade popular e o eleito, seja realmente respeitado. E nuca mais à direita traidora, venha desrespeitar a Constituição e aplicar alguma espécie de golpe e roubar os sonhos do povo para construir um país com uma democracia realmente plena. Apesar que a direita, essa gente do mal e golpista, já rasgaram a Carta Magna do Brasil. A elite golpista, odiosa, preconceituosa e dominante continua rasgando o resto e a colocando na lata do lixo arbitrariamente.  O próximo eleito terá uma grande missão a de convocar uma nova assembleia constituinte para escreverem uma nova Constituição que vem de fato ter mecanismo de respeito a mesma e ao povo. Quem a rasgar como está sendo a prática dos atuais governantes ser punido severamente.

Todavia a cabe a população lutar pelas realizações das eleições gerais de 2018, poderá ser a redenção do país. Cada cidadão e cidadã terá uma grande responsabilidade, de votar conscientemente, pensando no bem da nação como um todo. Mudar radicalmente esses legisladores Federais, os mais corruptos da história atual do Congresso Nacional. Óbvio com pouquíssimas exceções, até agora somente, estes elementos têm prejudicado a todos os brasileiros. Portanto, a realidade brasileira está muito mais difícil do que descrita neste texto e tende a piorar com os desdobramentos dos atuais fatos políticos agravantes que abalam a nação. O povo está dividido algo que era velado, mas agora essa divisão é simplesmente explicita. O mais triste é ver dominados defendendo seus dominadores, algo incomum que não dar para entender e será muito difícil unificar os brasileiros num mesmo objetivo que seria o fortalecimento da democracia. É a meta a ser alcançada daqui para frente e a base de muitas lutas permanentes.

Comentários

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

Atitude preconceituosa, feri o sentimento de outrem, é ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.