Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

O Muro da Mauá: Sentinela de Porto Alegre entre Memória e Futuro

  A majestade do Muro da Mauá protege Porto Alegre desde 1974. A Rodoviária de Porto Alegre, alagada pelo enchente do Guaíba, em 2024. O Muro da Mauá , majestosamente erguido entre o Cais Mauá e a Avenida Mauá, no coração de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, ostenta algo muito além de sua imponente estrutura de concreto. Sua história, entrelaçada com as águas revoltas do Rio Guaíba , iniciou-se na década de 1970 como resposta à devastadora enchente de 1941 . Hoje, este gigante de concreto se ergue como guardião da cidade, enfrentando os desafios climáticos e preservando a memória coletiva. Mais que proteção contra enchentes: um marco histórico e social Embora sua função primordial seja proteger a região central da cidade de inundações causadas pelo Guaíba, o Muro da Mauá assume um papel muito mais amplo: Desenvolvimento urbano: O sistema de diques e comportas associado ao muro possibilitou o desenvolvimento seguro de áreas adjacentes ao rio, impulsionando o crescimento da cidade. Valor

Outono a estação da reflexão e da comodidade.

http://www.analiseagora.com/
As árvores se preparando para a nova estação o outono.
O outono a nova do ano, momento apropriado para a reflexão, a comodidade e a tranquilidade climática. Esta estação do ano terá início no hemisfério sul a partir de hoje. Exatamente as 07:29 (horário de Brasília) do dia 20 de março de 2017. Também conhecida como o período transição entre o verão e o inverno.
Temperaturas amenas, chuva em excesso em várias regiões do Brasil e também com escassez de chuva em outras regiões brasileiras. No Sul e Sudeste se mantém os tradicionais nevoeiros que atrapalham o transito e fechamento de aeroportos.  
Temperaturas amenas, chuva em excesso em várias regiões do Brasil e também com escassez de chuva em outras regiões brasileiras. No Sul e Sudeste se mantém os tradicionais nevoeiros que atrapalham o transito e fechamento de aeroportos.  

A origem desta palavra vem do latim “autumnus” que significa outono em português. Segundo a Geografia, que aprendemos no colegial, o outono no hemisfério sul é denominado de austral para diferenciar do outono do hemisfério norte que é conhecido como boreal. O nosso outono austral tem seu início dia 20 de março de cada ano e entrega seu reinado ao inverno no dia 21 de junho de cada ano. Sucessivamente é esta a roda do tempo e suas características próprias. Uma estação do aconchego a vida torna-se tranquila, reflexiva e introspectiva para observar as lentas mudanças da natureza.


Nesta época do ano principalmente na Região Sul do Brasil ocorrem dias e noites geladas. São nestas noites onde a população começa a ascender as lareiras para se aquecerem e degustar sopas, vinhos e fondue com a família e os amigos. Também, geralmente acompanhado do tradicional chimarrão. Uma bebida típica da região Sul feita a base de erva marte e água quente numa cuia feita da planta da família Lagenária siceraria é popularmente conhecida como porongo, cabaça e abóbora d‘água.  E para tomar precisa de uma haste (cano) de metal na sua extremidade tem uma parte larga semelhante uma peneirinha para filtrar a água da erva.  

Geralmente este período do ano  é marcado de uma forte instabilidade climática, sendo um período de transição entre o fim do verão e uma espécie de preparação para a chegada do inverno.  Ela apresenta algumas caraterísticas importantes tais como dias típicos de verão e dias parecidos aos do inverno, além, da maioria dos dias apresentam temperaturas agradáveis e nubladas.

http://www.analiseagora.com/
A imagem mostra as árvores na entrada do outono.
As mudanças das árvores são visíveis as frutas típicas deste período são mais saborosas, estão maduras e caem para serem degustadas.  As folhas que foram brotadas criadas durante a primavera passada, que protegeram o homem e os animais dos raios solares ultravioletas e escaldantes do verão, perdem seu vigor; amarelam e caem. As árvores ficam despidas para serem purificadas pelas águas e o frio gélido do inverno. Entram num processo natural de renovação, uma pausa para o descanso e a preparação para a próxima temporada de labuta da natureza.

Tudo sincronizado em um ritmo perfeito, sereno de mudanças fantásticas visando grandes alterações, transformações diariamente. Tudo na próxima primavera nasceram com intensidade, novas folhas e flores para embelezarem as florestas, os bosques, os parques e todas as árvores que ainda não foram destruídas pela fúria consumista e predadora dos humanos.
O homem também entra neste ritmo reflexivo percebe que o tempo está passando, está amadurecendo a cada nova estação de sua vida e começa a sentir, carregar o peso da responsabilidade da vida. Assim, agem os humanos acompanhando o ritmo da natureza sem perceber muitas vezes a beleza da vida que é distinta a cada estação.☂🌞


Fogo de chão em analiseagora II



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.