Pular para o conteúdo principal

A nossa água é poluída duplamente.

http://www.analiseagora.com/
Água de poço artesiano sem aditivos químicos aqui se tem s
A água que pagamos onerosamente as companhias estaduais e municipais para o consumo humano é geralmente uma água aparentemente limpa a olho nu, mas é poluída duplamente. Isto é sai poluída dos rios e nas estações de tratamentos recebem mais carga de produtos químicos para limpar, porém a deixa poluída invisivelmente. Entretanto, se o consumidor apresentasse condições de mandar fazer análises em laboratórios idôneos, renomados, independentes e isentos de quaisquer interferências   governamentais comprovariam que a nossa água é sim poluída duas vezes por quer contém muitos elementos químicos prejudiciais à saúde humana.
É muito simples afirmar que ingerimos uma água de péssima qualidade para a saúde. Não necessita de muitos esforços para fazer esta constatação. Se você tem a oportunidade de visitar ou passar as margens dos rios que banham sua cidade verá que as águas são realmente sujas. Porém é de lá onde as empresas públicas bombeiam este liquido para as estações de tratamentos. Se puder   acompanhar todo o processo de tratamento da água retirada dos rios certamente se apavorará.


Primeiramente observe a qualidade da água do rio de sua cidade ou região e verá a olho nu que é uma água totalmente imprestável para o consumo humano. Na época da estiagem prolongada esta realidade é bem visível. À água é totalmente escura e geralmente nos períodos mais prologados de secas onde o nível desce além do normal. Nesta situação se transformará em água preta e malcheirosa. Quem passar ao lado de alguns destes rios não dar para aguentar o aroma fétido. Agora pense bem quantos elementos químicos as empresas colocam nesta água preta e fedorenta para a transformar em água potável? O processo de decantação é rápido para poder abastecer centenas, milhares e milhões de habitantes das cidades. 
A água após ter passado diante de todo este processo de limpeza volta a ter a aparência limpa e própria para ser consumida, mas todos vão ingerir todos os elementos químicos e alguns até desconhecidos não são revelados pelas concessionárias aos consumidores.  Mesmo com tudo isso a água tem mais as suas propriedades naturais para serem potáveis. As características básicas que se aprendem nas séries iniciais que são insipida (sem gosto), inodora (sem cheiro) e incolor (sem cor) não existem mais. A não ser que se compre água mineral ou se perfure um poço artesiano e seja contemplado de não ser poluído ou até mesmo se tenha sucesso de ter perfurado o poço em um lençol de água mineral. 

Infelizmente é uma vergonha para a nação brasileira ingerir uma água poluída e imprópria para a saúde humana. Num país onde se tem as maiores bacias hidrográficas do mundo.  Moramos em cima do maior lago de água doce do Planeta Terra; o aquífero guarani.
As companhias estatais responsáveis pela capitação, decantação e distribuição da água para a população fazem um grande esforço para limpar a água poluída e vender aos consumidores com resíduos químicos invisíveis. Elas nunca aceitarão dizer que a água é polida. Elas irão fazer um festival de argumentos falaciosos para tentar convencer o povo que a água é puríssima.  Todavia logo em seguida elas mesmas se contradizem quando na própria fatura onerosa elas apresentam para os consumidores um pequeno relatório da qualidade da água vendida a população.

Preste bem atenção consumidor se sua empresa apresenta este relatório mensal no verso da fatura. Lá terá algumas informações. Em primeiríssimo lugar a companhia ameaça interromper o abastecimento da água poluída. Incluir o seu nome nos órgãos de proteção ao crédito, em caso de não pagamento em dia da fatura. Por último elas colocam alguns percentuais da qualidade da água como turbidez, cor, cloro livre residual e coliformes fecais (cocô, fezes) neste item tenho percebido uma enorme oscilação tem meses que vem com ausência e outros meses com 5% permitidos. É interessante que elas somente detalham a quantidade de cloro, mas os outros produtos químicos prejudiciais à saúde nem aparecem. É neste sentido que afirmo que a água que ingerimos em nosso país é realmente poluída. Uma poluição invisível que somente através de exames de laboratórios idôneos se pode constatar realmente a química misturada na água que se diz que é de qualidade. Quando falta água, que seria para ser   algo anormal, mas em razão das constates falta é algo anormal ter água nas torneiras. Então a água vem da cor do leite e com um cheiro insuportável. Não dar para beber e nem fazer qualquer tipo de comida. Até para tomar banho é um sacrifício em função do mal cheiro.

Agora todos hão de convir que o próprio homem em nome do lucro a qualquer preço é o primeiro responsável direto pela poluição das águas dos rios, lagos lagoas e lençóis freáticos brasileiros. Então todos estão pagando pelos erros dos gananciosos que mataram muitos rios de todas as formas possíveis e imagináveis. Não estou condenando as companhias responsáveis pela distribuição de água a população. Ainda é a única maneira que elas dispõem de oferecer a preços árduos uma água menos poluída do que aquela que estão nos rios e todos os mancipais. Porém, o homem avarento a poluiu e é obrigado a beber a mesma água que ele mesmo a poluiu ao longo prazo. Não tem outra saída principalmente os mais carentes que não possuem condições de comprarem água mineral ou perfurar poço artesiano estão condenados a beber uma água simplesmente cara e poluída para sempre. E enriquecer as companhias que fazem pouco caso com os consumidores.

A água que jorra da natureza uma dádiva divina o homem se adornou e para vender onerosamente aos consumidores enriquecendo os governos estaduais e municipais.
A imagem mostra uma ilustração de um poço artesiano profundo além das rochas.
Portanto, a situação está aí, o homem poluiu a água o seu grande meio de preservação da vida. A água que jorra da natureza uma dádiva divina o homem se adornou e para vender onerosamente aos consumidores enriquecendo os governos estaduais e municipais. Ainda, o liquido da vida é estatal, pode piorar para a população se os governos privatizarem a água. Coisa que jamais deveria acontecer por quer a água é um bem da natureza e não pode ser privatizada. Ficaria muito mais difícil para todos. Este liquido da vida não deve ter um dono especifico, mas cabe o estado administrar corretamente este bem natural para a sociedade.
Tem muitas empresas estrangeiras que estão de olho nesta fatia importante do país. A população deve se unir contra qualquer ameaça de privatização da água.

Como se livrar desta realidade da água poluída? Somente existem   duas opções, mas para quem dispõe de poder aquisitivo comprar água mineral continuamente para beber e preparar as refeições ou investir na perfuração de poços artesianos e ainda torcer que seja de limpa e potável e somente consumir após análises laboratoriais para beber uma água própria para a saúde.

Outra situação é um trabalho a longo prazo de reeducação para toda a população não poluir as nascentes dos rios e não jogar lixo nos rios, lagos e mananciais que abastecem as cidades do pais. Cabe ao governo este trabalho educacional na mídia para a preservação da água. Aplicar pesadas multas aquelas empresas que criminosamente que poluem os rios despejando dejetos e metais pesados que matam os peixes e todos os outros seres vivos dos rios. Além de causarem doenças de todos os tipos a população desde as diarreias provocadas pela água contaminada e as doenças neurológicas causadas pelos metais pesados e proibidos que se despejem nos rios.

Comentários

  1. Excelente publicação
    Sugiro um outro artigo comparando águas que compramos de garrafas .
    Mas acho que vai ser complicado,pois envolve grandes marcas
    Tenho muitas dúvidas na hora de comprar

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.