Pular para o conteúdo principal

O magistério estadual gaúcho em greve.

A greve é o instrumento legal e justa dos trabalhadores.

Trabalhadores em educação em greve geral.
Os professores e funcionários das escolas públicas do Estado do Rio Grande do Sul, estão em greve por tempo indeterminado. Essa greve justa e instrumento legal garantido na Constituição para os trabalhadores defenderes seus direitos e pressionar o governo, fora da lei. A greve do magistério gaúcho, começou no dia 5 de setembro e deu continuidade nesta sexta-feira dia 10 de novembro de 2017.

Os professores e funcionários estão vivendo momentos de miserabilidade e sem data para terminar. Essa péssima situação vem comprovar mais uma vez o descaso total com a educação. Esse governo do PMDB golpista, impõe lentamente a destruição da educação começando a não respeitar e nem valorizar aos mestres que são os pilares e mentores teóricos do saber.

A tática dos governos golpista é sempre a mesma destruir a educação.

A tática golpista é a mesma, eliminar a educação para não se enfadar. Então, eles desmotivam os professores que fazem os alunos a pensar a não mais continuar em sua nobre missão. E, rapidamente o governo apoiador do golpe de 2016, retira   os direitos dos educadores, e assim fazem de tudo para desestimular os profissionais da educação, a não desenvolver os seus trabalhos em sala de aula, de maneira despreocupados com a sua situação financeira, que atualmente é deprimente.

A educação em seu todo é atacada por que é nas escolas onde os alunos aprendem a pensar e a questionar a realidade e aprender ver a sociedade com olhares críticos e questionadores. Esse processo ocorre durante o período de formação; onde os mestres ensinam os alunos a serem cidadãos pensantes. Estes poderão futuramente ser o calcanhar de Aquiles para qualquer governo reacionário e golpista.  Todavia, a meta dos governos golpistas brasileiros é sem dúvida eliminar passo a passo a educação em todos os níveis da sociedade brasileira. Quanto menos pessoas existirem para não protestarem contra estes vermes da sociedade, é melhor para eles.
A situação no Estado do Rio Grande do Sul, representa um panorama ruim e uma realidade do que vem ocorrendo em todo o país. A partir de todas as esferas administrativas educacionais. Sucatear o sistema educacional iniciando   com os baixos salários, não dar nenhum reajuste e para complicar ainda mais a vida dos professores pagar de maneira parcelados os ínfimos salários.
Onde esse país irá parar simplesmente, rumo ao abismo da ignorância, da mediocridade e do atraso em todas as áreas do conhecimento humano.

O momento agora não é de parar com a greve, mas de união até a vitória.

Professores e funcionários de escola em greve.
Agora não é o momento de a categoria ir na onda dos boatos da mídia e enfraquecer a greve. É o período de todos se unirem em defesa da pauta de reivindicações do magistério do Estado do Rio grande do Sul. O governo já entrou no jogo de maneira covarde e joga na defensiva e na intransigência, isto é, fechou as portas para negociações com a categoria. Porém, os trabalhadores em educação devem contra-atacar, não demonstrando medo e enquanto esse governo não atender todas as reivindicações jamais terminar essa greve justa. E caírem na ilusão de que nos próximos meses terão seus salários pagos integralmente em dia, o 13º salário não parcelado e ele pagar as perdas salariais, bem como pagar aos professores o piso nacional em sua integralidade.

A sociedade está apoiando a categoria e a greve continua forte em todo o Estado e principalmente nas maiores escolas estaduais. Infelizmente a mídia golpista gaúcha, todos os dias anuncia o fracasso da greve. Eles não poderiam fazer algo diferente a não ser atacar o movimento grevista e legal dos educadores, seria estranho se eles fizessem ao contrário. Todavia quem está permanente no movimento não ver fracasso nenhum. Ao contrário de tudo isso a greve continua firme e forte.  Faltam poucos dias para terminar o ano letivo se a greve estivesse fracassando os professores já estariam em assembleia geral para finalizar a greve. Até agora esse governo deu zero de aumento salarial aos trabalhadores em educação. Além de massacrar com seus injustos parcelamentos e se não houver uma posição firme da categoria certamente irá massacrar os trabalhadores, até o fim desse governo malfadado que os gaúchos elegeram em 2014.

Portanto, é hora das grandes mobilizações e mostrar para esse governo que a categoria está no comando da situação. Esse governo foi incapaz de respeitar os educadores, sempre com a velha desculpa de que, não tem dinheiro para pagar os salários dos trabalhadores em educação em dia como manda a lei. Quem trabalha também quer receber seus salários integrais e sem parcelamentos. Todos têm seus compromissos financeiros para honrarem com o comércio, bancos, financeiras, aluguel para morar e sobretudo a alimentação, água, luz, telefone e medicações. 

Quem não quitar suas dívidas em dia serão cobrados juros, multas e correções monetárias. Contudo o governo não pensa na situação miserável que estão vivendo os trabalhadores em educação. Então, todos unidos até o fim rumo a vitória, mesmo diante da pressão do governo e da mídia que tem sido forte contra os trabalhadores em educação do estado do Rio grande do Sul e do Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.

Você já rotulou alguém de burro?

Esta atitude é preconceituosa, machuca o sentimento de outrem, pare com isso.
Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.  Esta expressão preconceituosa já feriu e continua ferindo o sentimento de muita gente. Atualmente o preconceito vem sendo praticado de maneira escancarada, e com muito mais força, do que em outras épocas. A hostilidade entre as pessoas sempre existiu de forma velada no país, mas agora está passando dos limites nas redes sociais. Provavelmente em certos momentos da vida, alguém já o chamou de “burro”, na pura intenção de ofe…