Pular para o conteúdo principal

Postagens mais visitadas deste blog

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país. 

A educação do Brasil entra em greve nacional

 GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO DURANTE TRÊS DIAS.

O magistério gaúcho reunido em assembleia geral no último dia 14/03 decidiu soberanamente em fazer três dias de greve em todas as escolas estaduais do RS. São os dias 17,18 e 19 de março de 2014.    A Assembleia seguiu a orientação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) para fazer uma paralisação a nível nacional.
Greve nacional da educação.
  
O magistério gaúcho reunido em assembleia geral no último dia 14/03 decidiu soberanamente em fazer três dias de greve em todas as escolas estaduais do RS. São os dias 17,18 e 19 de março de 2014.  
A Assembleia seguiu a orientação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) para fazer uma paralisação a nível nacional. As reivindicações são:


1 – Cumprimento do piso como vencimento básico da carreira que hoje deveria ser de RS 1.697,00.
2 - Criação do piso para funcionários de escola.
3 - Defesa dos planos de carreira do magistério e dos funcionários de escola.
4 - Manutenção do índice de reajuste do piso de acordo com o custo aluno.
5 - Aplicação de 10% do PIB na educação pública já.
6 - Contra o PNE do governo Dilma.
7- A categoria também reivindica a transformação do vale-refeição em auxílio alimentação e a nomeação imediata dos professores aprovados no concurso realizado no ano passado. (fonte: Cpers/sindicato).

assembléia geral 14/03/2014 -  foto de pedro revellion.

Portanto, meus caros colegas estes três dias não é para ir à escola para trabalhar em sala de aula. Estes três dias são destinados à greve com força total, para pressionar o governo a cumprir as reivindicações da categoria. Todos na rua para acompanhar as mobilizações organizadas pelo Cpers/sindicato a nossa entidade legal e devemos apoiar todos os atos públicos, caminhada visita as escolas e chamar os colegas para este momento de pressão, discussão e reflexão sobre a conjuntura que está aí. Esta situação não pode continuar e somente ocorrerão mudanças se todos pararem e participar ativamente das atividades de mobilização proposta pelo sindicato.



Comentários