Pular para o conteúdo principal

O homem na permanente luta para buscar a perfeição.


http://www.analiseagora.com/
A luta humana para buscar a perfeição.

Reconhecer e corrigir o erro é uma ação nobre do ser humano. Todos os humanos inconscientemente possuem em sua mente a pretensão da perfeição.  Algo que jamais conseguirá, pois em sua essência somos constituídos de uma centelha de imperfeição. Muitos de nós lutamos uma vida inteira tentando a todos os cuidados construir e produzir as coisas em seu último grau de perfeição inquestionável. 


Uma atitude louvável, mas que nem sempre podemos cumprir em sua radicalidade, não por incompetência, mas devido às casualidades inesperadas geralmente inexplicáveis no momento dos acontecimentos. Partindo do princípio de uma pessoa ser perfeccionista, perícia absoluta em tudo que faz, ainda assim, não se consegue realizar esta façanha humana da perfeição. 


Em vários momentos da existência esta fagulha da imperfeição surge inexplicavelmente em qualquer trabalho que estará a ser realizado. Antes mesmo tendo se precavido de todos os cuidados para a ação planejada que fosse executada e mostrar-se na total eficiência pericial termina em surpreendente fatalidade.
Ter esta busca pela perfeição em tudo tem seu lado extremamente positivo. Absolutamente conduz ao homem a pensar para: projetar, construir, produtos sofisticados, seguros, funcionais próprios para seu tempo. E fazendo impulsionar: à indústria, economia, e o comercio com vendas exorbitantes através da criação dos designs únicos modernos para: máquinas, equipamentos e produtos que funcionem eficientemente dentro de todas as normas de segurança que o produtor oferece ao consumidor final.

O lado negativo: quando surgem dentro deste todo aparato técnico que são produzidos os aparelhos e equipamentos para facilitar a vida do homem moderno algo que não dar certo. E brotam os erros que destroem uma carreira promissora e, sobretudo prejudica outros, que buscam eficiência e conforto para o dia a dia em tudo que proporcione facilidades e bem-estar, não se dando importância para valores.

O mais difícil na vida de qualquer mortal é quando está incumbido de realizar uma tarefa de qualquer especialidade num determinado ato do qual é considerado perito em perpetrar e acontecem graves erros, assumindo todas as responsabilidades. Falhas que cassam prejuízos irreversíveis para o executor da ação e os atingidos pelas ações imperiosas.   Aqui que surge o grande dilema humano de não aceitar a imperfeição. Entra em estado de choque por não pensar como humano mortal é falível a qualquer tipo de erros dos mais simples aos mais complexos. Começa então um longo e doloroso processo de questionamentos do por que, do fatal erro meramente ingênuo com consequências colossais.

Como pode ter acontecido um erro deste porte, sobre o domínio de um exímio conhecedor de todos os suportes científicos.  Adquiridos na universidade recebendo o título de PhD em determinada área do conhecimento levado o até mesmo profissional a ser criador de métodos complexos sob a batuta das ciências exatas e humanas. Criador de equipamentos sofisticados e suas descrições de normas científicas de funcionalidade. Tendo uma longa experiência de como agir para que seja tudo perfeito, mas apesar de todo este cabedal de conhecimento tudo simplesmente falhou. Igualmente, quando tudo foi aplicado na pratica todos os conhecimentos e normas para a execução de uma determinada ação para ser infalível de erros. No entanto, na imprevisibilidade das circunstancias podem ocorrer serias ambiguidades imagináveis.

É muito difícil para qualquer pessoa reconhecer seus próprios limites é doloroso admitir mesmo que cometeu um erro imperdoável para si mesmo. Nos mais inquietante dos inquéritos de si mesmo, da sua consciência é quando reconhece seus limites e reconhece que pode fracassar. A consciência começa então aliviar-se, a pessoa então inicia um novo olhar sobre si, começa a perceber que é humano; passível de erros. Ainda que nunca tenha passado na mente esta possibilidade desta fraqueza humana.

Neste momento principia então, a surgir à humildade não como sinal de fraqueza como muitos pensam, mas quão grande ato de nobreza e de crescimento para ser mais forte do que antes. Ter a coragem de reconstruir uma nova história uma nova vida fundamentada em novos valores. Ter a consciência da imperfeição, um atributo humano, que está em processo de aperfeiçoamento constante e numa estará pronto, a qualquer momento a vida o apresentará uma circunstância que pode derrubar do pedestal da arrogância e encaminhar para uma vida de simplicidade e do aprendizado permanente.

Portanto ninguém é perfeito e nunca seremos perfeitos neste mundo. A nossa busca pela perfeição em tudo que fizermos deve ser sim um exercício continuo. Procurar sempre fazer o melhor do sabemos exercer que podemos e temos condições de fazer dentro dos nossos limites. Devemos aplicar o nosso conhecimento em tudo que assumimos na total responsabilidade que recai quando temos que apresentar um trabalho ou construir algo que seja de utilidade social. Sempre usar e abusar da prudência e abandonar a imprudência para qualquer atividade. Questionar sempre as consequências dos nossos atos e nunca confiar na imperícia, na inconsequência e ter sempre transparente em nossa vida, que somos imperfeitos que podemos errar a qualquer instante. E não é feio reconhecer os erros, reconsertar qualquer tipo de falhas. Pelo contrário é uma atitude elegante, nobre, bonita, assumir nossas imperfeições, as corrigir e jamais as repetir. Pois perfeito só existe um, Deus. Deus é perfeição em si mesmo.  

Postagens mais visitadas deste blog

A queima de fogos na virada do ano.

Queimar fogos de artifícios na acolhida do novo ano é linda, mas causa graves acidentes.As explosões dos fogos coloridos de artifícios no último dia e minutos do ano que está para ser encerrado tem seu auge exatamente as 23:59, quando der início a contagem regressiva para a chegada do novo ano.  É uma tradição que marca o advento do novo ano; ela é colorida, bonita e perigosa ao mesmo tempo, quando manipulada por imperícia, provoca sérios acidentes.  Ao longo dos anos vem aumentando o índice de acidentes graves durante a queima de fogos, geralmente por pessoas que não seguem as regras de segurança indicadas pelos fabricantes.

Você já rotulou alguém de burro?

Esta atitude é preconceituosa, machuca o sentimento de outrem, pare com isso.
Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.  Esta expressão preconceituosa já feriu e continua ferindo o sentimento de muita gente. Atualmente o preconceito vem sendo praticado de maneira escancarada, e com muito mais força, do que em outras épocas. A hostilidade entre as pessoas sempre existiu de forma velada no país, mas agora está passando dos limites nas redes sociais. Provavelmente em certos momentos da vida, alguém já o chamou de “burro”, na pura intenção de ofe…

A mídia golpista é cínica e mentirosa.

A mídia golpista brasileira é muitíssima cínica, manipuladora e mentirosa. Ela faz esforço colossal para afirmar e convencer a população que a crise econômica terminou. A nação passa o maior sufoco para sobreviver em meio a uma crise econômica sem precedentes na história recente do Brasil. Os golpistas conseguiram jogar o país num buraco sem fundo e certamente o próximo governo irá levar muitos anos para sair desse precipício econômico gerado pelo golpe parlamentar de 2016. O desemprego assola em todo o país, mas a mídia sinistra usa de palavras chaves, com tom agressivo de convencimento descabido, quando faz reportagens sobre este tema. Geralmente usam de chavões mentirosos, quando afirma: terminou a criseeconômica, agora o país voltou a crescer e gerar empregos em grande escala em todos os setores produtivos da cadeia econômica nacional.  

O alcoolismo é uma enfermidade destruidora do ser humano.

Os alcoólatras não surgem da noite para o dia, mas a partir dos contínuos goles das bebidas alcoolizadas.  Os pacientes alcoólatras necessariamente precisam reconhecerem que o alcoolismo é uma doença. Porém, esse é o primeiro passo para todos os alcoolistas sofredores, iniciarem uma longa caminhada rumo a sanar esta enfermidade; que atormentam as suas vidas. Todos os seres humanos padecedores, através do uso compulsivo do álcool, não se geram da noite para o dia, mas começam a se desenvolverem a partir de um processo embrionário lento. E comumente muito cedo na vida, especialmente, as fases da adolescência e   juventude que atravessam a maioridade; até o fim da vida.

Sorte não existe o que existe é oportunidade e competência.

Todos devem saber construir a sua história com competência.A vida é uma permanente construção, saber administrar as oportunidades que surgem para fazer uma construção sólida é uma questão de competência e não de sorte. Nenhuma pessoa pode deixar que as coisas possam acontecer através da sorte; algo simplesmente ilusório e inexistente. Ninguém jamais poderá prever o futuro, mas com absoluta certeza precisa planejar com antecedência e perfeição os próximos dias, meses e anos. Fazer esta árdua tarefa sempre; enquanto permanecer respirando fôlego de vida neste mundo. Principalmente numa comunidade de gente submergida em status social avarenta e egoísta. Para viver dignamente nesta sociedade materialista, consumista e competitiva é imprescindível que cada pessoa, seja agente provedor de sua própria história, construtor de seu futuro.

Natal focalizado no consumismo e distante do real sentido cristão.

O período natalino é especial para a reflexão e descobrir o verdadeiro sentido cristão.
O natal momento de reflexão ou simplesmente de consumoimpulsivo? O nascimento de Jesus é o maior mistério teológico da humanidade! Deus Soberano se fez humano e gerou-se no ventre de uma mulher Maria. Tudo para em breve nascer, derramar seu sangue santo em uma bruta cruz, morrer e ressuscitar gloriosamente, para salvar a humanidade da morte eterna; provocada através do pecado. Neste mistério está o legitimo sentido do natal para a humanidade cristã. E não no consumo descontrolado da sociedade contemporânea na época natalina. Mais uma vez o natal chegou sobre os sons das badaladas dos sinos do papai Noel. Anunciando mais uma celebração cristã que vem se perdendo seu legitimo sentido para o comércio e o consumo impetuoso todos os anos numa acelerada intensidade.

A família Barros no Brasil e no mundo.

APELO DESAFIADOR.
Após vários apelos de familiares, amigos, descendentes da Família Barros que pediram para pesquisar e escrever um artigo sobre as nossas raízes. Agora tomei coragem e assumi esta responsabilidade de fazer este trabalho. Uma missão desafiadora e ao mesmo tempo, muito interessante conhecer as nossas raízes. Em psicologia podemos entender esta busca do homem por sua identidade familiar. Faz parte do ser humano acalentar esta curiosidade de saber onde somos e de onde viemos e que estirpes saíram. Uma tarefa dificílima, mas aos poucos fui construindo esta trajetória histórica. Quero adiantar que é um trabalho de análise histórica genérica e não uma genealogia de uma única família específica. Por isso, considero incompleto este singelo trabalho, devido à grandiosidade desta família espalhada pelo o Brasil e o mundo, mas que pode ser aperfeiçoado através da colaboração dos leitores.

Favicon do blog analiseagora.

Todo blog necessita de uma identificação na web para melhor o público encontrar com facilidade. Esta é a favicon do blog analiseagora. Podem perceber que o título do mesmo, contém quatro letras repetidas [a] então resolvi personalizar como ícone do blog. Essa letra está na fonte Georgia na cor branca com o fundo azul escuro. Como o blog ainda está na sua fase inicial tudo é realizado às pressas e também de maneira simples, mas certamente o blog será reconhecido com muita facilidade pelos leitores quando realizarem suas buscas na internet.
Ainda que seja simples, mas foi criado com muito esmero e carinho a partir do meu conhecimento em design. Posso garantir ao meu público que me esforçarei para a curto prazo, criar uma outra favicon. Tudo terá novo visual, e seguramente deverá ser equivalente ou superior a altura do padrão de qualidade do blog analiseagora. Tudo para agradar a todos aqueles que aqui chegarem, e possam despertar seu interesse de permanecer por muito tempo pesquisando n…

O homem e seus vícios que os conduzem a humilhação.

Todos os homens carregam em sua essência o peso da desobediência com o Criador. O homem carrega em sua essência a natureza pecaminosa herdada desde a criação dos primeiros humanos Adão e Eva. Eles foram gerados, a imagem semelhança de Deus perfeitíssimo, mas infelizmente pecaram. Porém se travou na história humana uma luta feroz e constante contra o pecado. Através do pecado a história da humanidade mudou e desde aquela época até hoje, todos sofrem com as consequências da desobediência dos primeiros homens para com Seu Criador. Os humanos adquiriram vários vícios que os oprimem e os deixam em situações de humilhações e escravidões diante da família, amigos e a sociedade.   Tem muitos casos sem volta, outros, no entanto existem soluções quando os próprios viciados se conscientizarem dos seus estados doentios, mas   de livre e espontânea vontade procuram ajuda.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.