Pular para o conteúdo principal

A araucária árvore imponente do Sul e Sudeste do Brasil.

A araucária com sua imponência se destaca das demais árvores. 

A araucária adulta mede até 50 metros de altura.
Quem chegar ao pé de uma araucária adulta, permanecerá muitas horas admirando a sua beleza e imponência; diante das demais árvores. Essa grandiosa árvore na botânica recebe a classificação de: arbustos ou conífera, pertence à família das araucariaceaea e tem seu nome cientifico de Araucaria angustifolia
Os e seus contornos são inconfundíveis perante as outras árvores de uma típica floresta tropical. Quando ela consegue alcançar a fase adulta, poderá medir entre 30 a 50 metros de altura. Ela possui um magnifico tronco, uma legitima e colossal coluna   que poderá chegar entre 30 a 50 metros de altura e com 2,5 m de diâmetros.
Ela se destaca na floresta das araucárias quando ao longe, já se avistam suas frondosas e vigorosas copas verdejantes. Geralmente as mais belas somente são encontradas em algumas reservas de matas protegidas em lei. Através do código florestal brasileiro que tem a função de proteger o que sobrou da mata atlântica brasileira, da fúria predatória do homem ganancioso; em nome do lucro a qualquer preço.

A araucária leva entre 15 a 20 anos para produzir frutos, numa altura até 50 metros.

No Brasil, a conservação e manutenção da variabilidade genética dos pinheirais (araucárias) restantes representa inúmeras dificuldades por que, existe uma fragmentação das espécies naturais e pelo demorado ciclo de reprodução. Uma árvore em seu ciclo natural, geralmente começa a produzir as sementes comestíveis de pinhão pelos os humanos e animais, durante ao um longo período de tempo. Quando atinge uma idade entre 15 e 20 anos de vida. Porém, depende de vários fatores, como o solo e o clima se são favoráveis ou não ao seu desenvolvimento rápido ou tardio. Outro fator devastador é realmente a ação inconsequente do homem predador ou devastador dessas belíssimas árvores existentes na região Sul e parte do Sudeste do Brasil.

As matas de araucárias são protegidas por lei.

Com todo os cuidados existentes na preservação dessas reservas naturais, onde existem as árvores de araucárias e as demais protegidas em lei, ainda assim, ocorrem o desmatamento de muitas dessas imponentes árvores em nome do progresso. Quando uma árvore deste porte está quase ou já produzindo frutos são simplesmente abatidas de maneira cruel pelos fora da lei e seus motosserras devastadoras.   Estes restantes de pequenas florestas fazem partem do bioma da Mata Atlântica e são encontradas principalmente na Região Sul e nos pontos de relevo mais elevados da Região Sudeste. O homem em sua avareza não dar a devida importância a estes pequenos biomas e em sua fúria descontrolada, desrespeitam as leis ambientais e começam a destruir descabidamente estes pequenos pulmões naturais, que são fundamentais para a sustentabilidade de todo ecossistema dessas regiões.

O fruto da araucária é a pinha cheia de sementes comestíveis. 
O Brasil sofreu e continua a sofrer com a ignorância gananciosa, dos grandes devastadores, em relação as florestas nacionais. Essa violência ocorreu de maneira absurda na mata das araucárias pela ação de muitas madeireiras clandestinas.   Nas regiões das araucárias sempre ocorreu e ocorre a exploração abusiva das madeireiras e invasores de terras para construir condomínios de luxo nessas reservas de conservações ambientais e protegidas em lei. A araucária foi definitivamente colocada na lista oficial das espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção em 1992.  Nestas regiões se somava 20 milhões de hectares originalmente cobertos pela Floresta de Araucária. Atualmente restam, aproximadamente apenas 2% dessa área. As madeireiras provocaram um grande crime ambiental irreversível e se não houver uma fiscalização ostensiva esta ínfima área de reservas ambientais poderão diminuir ainda mais. Confira a lista de Lista Oficial da Flora Ameaçada de Extinção.

Os órgãos de proteção ambientais precisam serem enérgicos contra os destruidores da natureza.

As sementes de pinhão são deliciosas e se fazem pratos especiais.
Portanto é fundamental que os órgãos oficiais de proteção ambiental sejam mais enérgicos contra os destruidores do que ainda resta da flora brasileira. Especialmente nestas áreas de preservação da flora onde existem as espécies consideradas em extinção, como é o caso das matas de araucárias existentes em nosso país.
Não adianta somente existir a lei é necessário que exista pessoas capacitadas para fiscalizar ostensivamente todas as áreas existentes. O IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), precisa ser bem equipado com tecnologia de última geração e pessoal suficiente para coibir a ação dos predadores destes biomas da flora brasileira. Esta ação necessariamente precisa ocorrer de maneira integrada com os órgãos municipais, estaduais e federais para uma atuação e fiscalização permanente e agia em todo o país e principalmente nestas áreas onde existem a vulnerabilidade da flora em extinção em todas as regiões do país. É um sério compromisso dos governos de todas as esferas administrativas com a natureza.

Se não houver este compromisso para preservação destes biomas da biodiversidade brasileira, em pouco tempo os destruidores cortarão todas as árvores existentes nos pequenos nichos que ainda escaparam da fúria devastadora do homem egoísta, em nome do progresso e do desenvolvimento sem sentido. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.