Pular para o conteúdo principal

A convivência humana é difícil seja ela real ou virtual.

É complexo a convivência humana no meio real e virtual.

A complexidade na convivência humana:real ou virtual. 
A convivência humana de maneira genérica seja no âmbito real ou virtual é muitíssimo complexa. Para manter em alto nível as relações humanas, necessariamente exige-se sagaz diplomacia do dirigente de qualquer entidade de caráter social pública ou particular, real ou virtual.
Principalmente, quando se está no comando dos grandes   grupos de humanos de múltiplas e exigências e pensar diversificados.
Não importa a quantidade de pessoas participantes numa determinada comunidade.  O convívio diário e as dificuldades são as mesmas. Porém, o volume dos problemas e as diversificações são proporcionais a relevância do grupo de pessoas participantes.


Quanto maior o grupo também máximo serão os problemas. Então quem estar no controle, necessariamente precisa possuir a sensibilidades e alto grau de habilidades para resolver as mais vaiadas adversidades, sem deixar alguém magoado. É uma arte trabalhar com público diversificado e agradar a todos. Nunca este objetivo será alcançado é totalmente impossível desenvolver uma política de relações humanas, que venha contemplar em absoluto a todos os humanos. A insatisfação sempre estará presente de uma forma ou de outra seja ela minúscula ou enorme, mas sempre permeará no convívio das convivências sociais.

O desafio do líder de um grupo ou comunidade na sociedade real e virtual.

Eis aí o grande desafio de quem estará à frente como líder de um certo grupo de pessoas, tanto faz ser a minúscula célula social a família, quanto de médio e grande porte no trabalho, ou de conglomerados de empresas, formadas de pessoas que pensam e agem diferentes. Estas mesmas complexidades de relacionamentos valem tanto para as relações reais quanto para as relações sociais virtuais que ocorrem de maneira virtual na internet. E na atualidade em grande velocidade e escala de pessoas com interesses pertinentes.
Os grupos, as comunidades que são criados virtualmente na web vem aumentando a passos largos e crescem em todas as áreas sejam simplesmente para a amizade ou para algo sério como os grupos que reivindicam causas sociais e principalmente de trabalhos empresariais. Geralmente, nestes grupos e comunidades virtuais também aparece pessoas de comportamentos difíceis de convivência.

As divergências são permanentes e geralmente são difíceis encontrar soluções entre os membros destas comunidades virtuais que são públicas, privadas e em muitos casos secretas, elas existem nas redes sociais. E tem seus objetivos específicos e quem entra num destes grupos e também comunidades já ler as regras, mas com o passar do tempo aquelas normas começam serem desrespeitadas. Aqui se inicia então, os focos de conflitos entre os participantes. Existem muitos casos em que os líderes e moderadores responsáveis esgotam todas as possibilidades de conversações para se resolver uma determinada situação conflituosa. No entanto, quando não ocorre, uma conciliação. A única alternativa é fazer valer energicamente, as normas que regem os grupos e comunidades virtuais.

Imaginem, que ocorrem estes conflitos no campo virtual, agora a situação é muitíssima complexa na vida real. Onde todos convivem permanente e se veem face a face. As situações de conflitos são extremamente superiores e de um grau de complexidade infinitamente difíceis para se chegar a um denominador comum, isto é, a uma solução eficaz sem magoar alguém. Somente isso poderá ocorrer se a criatura que estiver na liderança souber fazer milagres de paz nas relações humanas. 

É impossível contentar a todos nos setores de convivência humana real e virtual.


A convivência humana no âmbito real e virtual.
Contentar a todos é uma missão praticamente impossível, por quer esta realidade de desapontamento humano em aceitar as regras sociais vem da essência humana, que é próprio para divergir. Não deixa de ser positivo, por quer são nas divergências respeitosas que brotam novas formas de ver a realidade e o mundo diferente. E não simplesmente permanecer presos as rígidas regras opressoras. São das divergências saudáveis que faz nascer novas maneiras melhores de convivências e também de transformações da mesmice. Divergir também é este atributo humano positivo, desde que aponte para uma realidade nova e eficaz. 

Quem está na liderança de qualquer grupo social necessariamente precisa ter a mente aberta para novo. Normalmente o novo exclusivamente poderá nascer da discussão e da crítica construtiva. Também é preciso aceitar o pensar diferente de todos membros. Principalmente   daqueles que não acolhem cegamente as normas pré-estabelecidas, simplesmente imposta por uma ou mais pessoas de mente fechada, mas sempre procurar aventurar para o novo e o desconhecido. Estas ações ousadas nascem novas ideias de renovação, produção e convívio melhor entre todos os participantes dos grupos e comunidades reais e virtuais.

Talvez quando todos que estiverem numa liderança e aprender a ouvir a voz do grupo, comunidade real ou virtual começará a encontrar soluções convergentes para contentar quase toda a grande maioria, mas nunca atingirá os cem por cento de contentamento. Seria a perfeição e é sabido que perfeição entre os humanos não existe. É fundamental se satisfazer com o máximo alcançado em todo o esforço possível para agradar a todos. Nem Jesus Cristo que é perfeitíssimo conseguiu agradar a todos as pessoas. Agora imaginem os humanos que são imperfeitos nunca conseguirão agradar a todos. Sempre alguém certamente irá entrar na contrariedade de tudo.  O quanto foi realizado com muito esmero, amor e dedicação; pensando sempre no bem comum.

Soluções para manter a convivência em harmonia na vida real e virtual.


As relações humanas no âmbito virtual 

Portanto, as relações sociais ou convivências humanas são algo muito sérias e ao mesmo tempo difíceis para se administrar dia a após dia.  Não importa a modalidade e o tamanho do grupo ou comunidade, se é real ou virtual; as complexidades são as mesmas. A melhor tática de conviver em sociedade em ambos os modelos real ou virtual é utilizar ao extremo da diplomacia para procurar sempre o melhor, o entendimento entre as pessoas.

Usar também da sensibilidade e das compreensões e ter a clareza que todos são imperfeitos. Admitir os erros, as imperfeições e fazer que a outra pessoa possa compreender essa situação existencial e na medida do possível procurar a reconciliação de quaisquer fatos que tenham provocado uma dissidência no pequeno ou no grande grupo, comunidade, seja na família ou na empresa ou também na realidade virtual usar as mesmas formas didáticas para manter a reconciliação e a união quando possível entre os membros dos pequenos, médios e grandes grupos ou comunidades.

Todavia, viver em comunhão entre os humanos é uma arte das artes. Principalmente nos dias atuais, onde em algumas sociedades predomina o ódio e a aversão em vez da simpatia das pessoas. Tudo em razão das conjunturas sociais e ideológicas fundamentos que constroem a sociedade e consequentemente as relações sociais. Contudo, em pouco se não houver cuidados especiais são destruídas pela prepotência e o rancor entre as pessoas que participam das comunidades, grupos pequenos ou grandes, reais ou virtuais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vender cosméticos é excelente opção para derrotar a crise econômica pessoal e familiar.

Alternativas para derrotar a crise econômica.  Nos momentos de crise econômica não se pode permanecer parado. A venda direta de cosméticos ao consumidor é uma ótima opção de renda e ganho rápido. Não adianta permanecer parado em situações de crise econômica que afetam diretamente o núcleo familiar e pessoal, esperando as coisas acontecerem sem partir para uma incisiva ação. Esta atitude não resolverá em absolutamente nada. Pelo contrário provocará desanimo, ansiedade e muitas doenças imagináveis que impedirá de fazer qualquer coisa. Neste momento são necessárias atitudes ousadas, criativas, sobretudo muito esforço visando aumentar a renda mensal.
Melhor do que pensar em fazer empréstimos neste momento para quitar dívidas, somente irá piorar a situação para todos. Ao mesmo tempo entrar numa bola de neve monetária sem fim, para somente enriquecer os bancos e financeiras.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença um sentimento negativo presente nas relações humanas.

A indiferença presente nos diversos setores da vida.A indiferença um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimentonegativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos.
Podemos perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. No plano social há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos humanos reagirem indiferentemente frente os problemas alheios. No âmbito governamental o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente entre nação dominante em relação à naç…