Pular para o conteúdo principal

A palavra espere! Irrita as pessoas da era digital.

Atualmente as pessoas vivem sob a pressa da tecnologia da informação.

A imagem apela:por favor espere!
A expressão espere nos dias de hoje soa como uma sentença de condenação numa sociedade onde tudo é movida a alta velocidade. Ninguém mais tem a paciência de saber esperar tudo tem que andar de acordo com a velocidade do som ou da luz. A própria sociedade moderna em sua organização social, gerou mecanismos apropriados para acelerar a agilidade em todos os setores que se possa imaginar. Tudo tem seu objetivo capitalista, lucrar sem limites, pois como é dito o aforismo popular ‘tempo é dinheiro', pois, quem não entra no corre e corre frenético não pode ganhar dinheiro, somente poderá ter grandes prejuízos.


Porém, em nosso país esta palavra espere não causa tanto transtorno. Por quer a população está acostumada a esperar nas filas intermináveis de quaisquer repartições públicas e também privada. As pessoas estão condicionadas a enfrentar grandes filas para tudo. Se algum dia em qualquer lugar como por exemplo os bancos, hospitais, prefeituras, cinema, teatro, restaurantes, correios, casas lotéricas e etc; se não tem uma extensa fila, as pessoas consideram estranho e anormal, por quer o normal é ter as irritantes filas para tudo que se vai fazer. Os guichês já expõem a frase em letras garrafais, entrem na fila única!

A tecnologia ainda não eliminou este velho e péssimo hábito no Brasil, talvez em   outros países não existam filas iguais a do nosso país. Tem capitais brasileiras que até criaram a lei da fila que determina o tempo que os usuários podem permanecer nas filas bancarias. Se aplicam multas em caso de   reincidências, pode perder o direito de funcionamento, mas   como sempre nunca são respeitadas e fica o dito pelo não dito, mas quem sofre é a população.

Os avanços da era digital, porém, os problemas da pressa do povo não se resolvem.

O simbolo da arroba significa conexão e velocidade na  web.
A tecnologia da era digital avançou, mas nem sempre todas as engrenagens modernas dos seus sistemas funcionam perfeitamente para massagear o ego dos capitalistas.  Evidentemente, na hora de vender uma produção resultado da criação da tecnologia de última geração se fazem comerciais além da capacidade do que   os produtos são capazes de fazer. O homem da era digital confia demasiadamente nas máquinas, mas elas falham. 

No momento em que falham não pode mais atender as necessidades das pessoas que querem tudo para ontem e não pode esperar. A quão promissora e badalada ferramenta tecnológica, para solucionar os problemas e otimizar todos os trabalhos e serviços de um determinado empreendimento de pequeno, médio e grande porte de qual quer área de atividade de investimento econômico. Em muitas ocasiões se transforma num grande problema para estas empresas e usuários.

Os meios operacionais estão disponíveis num mundo onde se respira tecnologia para fazer avançar as coisas além da capacidade humana, que visa só e somente só lucros. Contudo, os inventores esqueceram que ainda a maioria da população está em fase de adaptação para acompanhar o ritmo da urgência tecnológica da informação. Mesmo diante de todas as parafernálias que existem atualmente em certo momento tudo volta ao ponto zero. Ainda que, nada funcione devido uma pane no sistema, a palavra espere irrita todas as pessoas. Evidentemente, que existem aqueles que são compreensíveis e outros pelo fato de não compreender como tudo funciona se irrita facilmente e ocorrem situações de conflitos entre os operadores de quaisquer sistemas e os usuários.


                         As engrenagens de ferro desenham o ritmo da vida. 



Já presencie amigos destruírem seus computadores simplesmente por quer ocorreu falhas na conexão e no instante de ímpeto jogaram seus notebooks no chão e quebraram com martelo, mas depois que passou a raiva se arrependeram amargamente. Nestas situações ocorreram várias causas; pressão do chefe para aumentar a produção, falha de conexão da operadora de internet e o descontrole emocional da própria pessoa que não se conteve com as mais diversas pressões. Demonstrou a incapacidade de administrar situações que ultrapassam todos os seus limites de controle sobre o funcionamento das máquinas. Faltou a sabedoria de esperar pacientemente uma solução.  Não soube usar de prudência e pensar que não sabe tudo e depende da colaboração de outrem nestes momentos críticos. Não tem serenidade para resolver os problemas no tempo certo, isto é não soube esperar. 

Este exemplo real é simplesmente para mostrar como as pessoas não conseguem ter a virtude da paciência para ser aplicada em muitas circunstâncias da vida. Não tem como condenar pessoas assim, por quer elas estão vivendo num legitimo turbilhão de pressão causada através de uma cadeia de falhas dos próprios sistemas da contemporaneidade.

Hoje as pessoas não podem mais esperar em unção da tecnologia veloz.

Este e outros tipos de situações certamente ocorrem constantemente em todos os setores de trabalhos, serviços e também nos lares. Ninguém consegue mais esperar, tudo deve ser feito em plena pressa se não perde para a concorrência de mercado, mas tem um tempo que todos são obrigados a esperar!   É o grande paradoxo desta vida atualizada, através de tudo que se produz e vendem velozmente para obter lucros em tudo, visando o consumismo patológico.

A modernidade promete conforto e comodidade em tudo o que se produz, lança rapidamente   e vende, mas não consegue se cumprir com o prometido   por quer as coisas são feitas para durarem pouco tempo e com isso consumir mais e vender mais. Sem poder esperar todos entram como refém das grandes incorporadoras fabricantes de produtos descartáveis. Tudo passa desapercebida por que ninguém tem paciência de esperar e pensar para comprar algo melhor e seguro, se é que existe neste mundo da pressa!
Levando em consideração a toda a explanação se pode chegar à conclusão   que algumas pessoas odeiam a esperar por quer imaginam que todos os sistemas funcionam perfeitamente. Ora!  Uma grande e pura ilusão da modernidade. 
É imprescindível pensar que nada é perfeito, mesmo que o fabricante faça ilusório comercial da perfeição de seu produto em todas as mídias. Perante este panorama nada trabalha em plena perfeição. Normalmente não se atende as necessidades do povo. Em vista a tudo isso também ninguém suporta esperar por quer a própria sociedade moderna conclui que esperar é prejuízo e esta mentalidade está entre as pessoas.

A burocracia irrita e fazem as pessoas esperar soluções.

O homem vive a angustia da era digital.
O sistema de organização social conduz as pessoas não suportar a esperar. Todavia nem tudo se consegue fazer na hora marcada. Outro fator que necessariamente é preciso levar em consideração é o ingrediente ruim conhecidíssimo como burocracia. Certamente na nossa e em muitas sociedades atrapalham demais as vidas dos contribuintes. 
Aqui no Brasil já houve épocas ainda mais ruins, onde a burocracia emperrava tudo. Melhorou um pouco, mas existe muitos resquícios burocráticos que inviabilizam as coisas andarem rápido e não há jeito de mudar esta realidade. Com esta situação as pessoas que estão acostumados a viver com a ligeireza da tecnologia da informação, se irritam com a lentidão da burocracia estatal. 

O esperar contribui de maneira forçada a ter paciência.

Portanto, esperar é uma realidade do dia a dia e quem não suporta com a espera procure fazer o exercício da paciência. Ainda que vivemos submergidos de tecnologia para tudo, mas até agora, ainda não criaram um aplicativo que viesse eliminar em cem por cento, o tempo de espera que as pessoas exercem para fazer as coisas que gostam e também aquelas que não são agradáveis. Exemplos, como permanecer horas e horas nas filas dos hospitais, supermercados, departamentos públicos para resolver questões burocráticas e tantas outras coisas que realmente quem não gosta de esperar necessariamente tem que esperar e esperar até chegar à sua vez para receber um não e ouvir espere mais umas horas, dias, meses e anos para que o seu caso seja solucionado. Nestas circunstâncias todas as parafernálias tecnológicas, são inúteis e se transformam em sucata por quer não ajudam em nada na angustia humana de ver seus problemas solucionados. 

Comentários

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.