A importância do silêncio para a vida!

http://www.analiseagora.com/
A imagem diz:silêncio! algo precioso nesta sociedade do barulho.
Atualmente não se vive uma vida de silêncio, mas habitamos   numa sociedade movida a poluição sonora de todos os tipos imagináveis possíveis. É quase impossível listar todos tipos de barulhos.  Então é prático se falar de maneira genérica. Existe muita gente que odeia o silêncio por quer ele fala mais alto sobre a vida do que muitos aparelhos sonoros potentes. A população de modo geral desconhece a seriedade do silêncio para vida. Ora! Parcelas das pessoas desejam ter momentos silenciosos e não conseguem por quer outrem não permitem.  Porém, erroneamente   imaginam que todos gostam de ouvir o que eles ouvem e ligam seus aparelhos musicais no último volume para prejudicar a vida dos vizinhos. Desrespeitam a política da boa vizinhança e a lei do silencio gerando grandes conflitos, em alguns casos se transforma em violência com vítimas fatais. 

Geralmente existem pessoas que além de passarem o dia na movimentação frenética das cidades, do trabalho, do trânsito e das festas   em dias de feriados e fins de semana complementam essa poluição sonora em casa. No Brasil nas grandes cidades, onde tem os conjuntos habitacionais precárias em vistas, observei muitas pessoas disputarem o volume do seu som musical e nem pergunta se o vizinho gosta ou não das músicas desagradáveis colocadas em competições.  Também já ouvi muitos relatos de pessoas que não consegue dormir se não estiver ouvindo músicas do estilo rock, funk e sertanejo (não sou contra nenhum destes estilos musicais e respeito a todos que gostam) e outros gêneros da atualidade que retratam o seu contexto social e psicológico em que vivem.

Porém, a sociedade moderna sem perceber criou naturalmente uma cultura barulhenta. Neste contexto histórico e social pouquíssimos indivíduos têm o hábito de cultivar o silêncio pessoal da essência do seu ser. Preste bem atenção ao seu redor que a maioria dos amigos moradores nas adjacências vivem na continua agitação e tem uma dificuldade de descobrir a importância do silencio para a vida. A própria modernidade cria mecanismos geradores de estardalhaços. Ninguém mais tira um momento para fazer quietude e pensar na vida.  Preferem a algazarra do que a paz como espécie de refúgio dos problemas que o cercam. Atualmente existem   espalhafatos de todas as espécies é uma boa atitude de fugir de si mesmo e aquieta-se temporariamente na balbúrdia do cotidiano.
 


http://www.analiseagora.com/
A imagem diz: distanciar,silenciar  e ouvir.

O silêncio causa pavor a muitos humanos por quer é neste momento que é desenrolado o filme real da vida. Muitos são temerosos a ver a realidade da vida interior a ser trazida à tona de maneira lenta, mas voraz. O silencio grita mais alto do que do que o escarcéu, quando não se tem gritaria estridente e superficial. O barulho configura o refúgio dos problemas da vida, mas tem seu limite, ainda que seja os mais altos sons em decibéis possíveis. Enquanto que o silêncio quanto mais silencioso for falará altíssimo cortando as entranhas do ser. Esquadrinhando a cada milésimo de tecido existencial para mostrar o que estar correto e o incorreto, para que seja preciso urgentemente ser corrigido para a vida possa andar num rumo certo. 

Para muitos humanos, silenciar é uma realidade cruel e não a consegue exercer está prática sublime. Por quer tem medo de ver e encarrar de frente a vida interior para poder decidir a viver na retidão. Pois este apelo do silêncio tem um alto preço a ser quitado por todos que tem uma vida errante! Então, é mais fácil partir para   o caminho simplório, isto é, permanecer e encobrir com a zaragata estridente determinada através do som de quaisquer músicas, contendo letras sem sentido, mas retrata igualmente a vida do jeito que ele é. São duas realidades que mostram duas faces diferentes. Uma é a realidade do barulho que procura esconder de todas as maneiras os problemas reais da vida dos humanos a serem resolvidos. A outra realidade é o silêncio. O absoluto silêncio sim, age como algoz dos humanos revelando do seu mais profundo interior, tudo o que na realidade a pessoa é. Além disso, o emudecer exige mudanças de comportamentos
O silêncio não é leviano como homem barulhento, mas é implacável e ponderado, cobra fundamentalmente uma total renovação e principalmente uma decisão para abandonar definitivamente o caminho do erro e procurar trilhar num novo caminho.  A partir da serenidade, fazer o exercício permanente para ouvir atentamente e obedecer a sua voz, para extrair grandes possibilidades se ter uma vida real e melhor nesta sociedade desregrada e violenta.  O silêncio tem este papel capital para oportunizar a todos a reflexão e quando se faz meditação se faz pensar na vida que está vivendo e neste constante silenciar ocorre também profundas mudanças da vida.

http://www.analiseagora.com/
A imagem diz:Silêncio! Muitas pessoas tem medo do silêncio.
Portanto, não tenham medo do silêncio!  Ele pode ser o grande aliado para abrir importantes oportunidades de transformações da vida. Fugam do barulho ele pode ser a grande possibilidade de aumentar e gerar novos problemas para sua existência. A agitação é maquiadora para fazer parecer   que tudo está bem, está na paz, mas infelizmente não está.  São simplesmente fachadas superficiais de paz. Enquanto, as pessoas que tem uma vida mergulhada em enormes barulhos forçam provocar   assombrosas gargalhadas juntamente com o alvoroço de qualquer espécie, algumas pessoas até procuram superar os mais altos dos barulhos. Todavia, certamente existe dores e hemorragias na essência humana que provoca vazios sem explicações.


Não vamos ser ingênuos todos os humanos silenciosos ou não, possuem problemas múltiplos. Agora quem habita no barulho e incomoda até mesmo a outrem não consegue encarar a vida e sair do fundo do poço dos problemas existenciais. Quem vive no hábito de silenciar tem mais probabilidade de encontrar saídas para seus problemas e ver a vida com naturalidade e em vez de gerar mais problemas procura solucioná-los. Todavia, a quietude suscita condições favoráveis para encontrar saídas para os problemas existências da vida. Aqui reside a importância do silêncio para vida, numa sociedade submergida na poluição sonora sem fim. Em meio esta bolha barulhenta todos devem construir dia a pós dia seu oásis de paz real fundamentada na tranquilidade pessoal e interior. 👍

Comentários