Milhares de pessoas tiram zero na redação do Enem 2015, o sinal vermelho continua.

SINAL VERMELHO CONTINUA PARA O SISTEMA DE ENSINO DO BRASIL.A REDAÇÃO DO ENEM 2015 REVELOU ESTA REALIDADE.

http://www.analiseagora.com/
O Enem revelou que a educação brasileira não está boa

O Enem foi criado a partir do ano de 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) o principal objetivo é avaliar o desempenho do estudante ao termino da escolaridade básica.  Outros alunos também podem participar do exame são aqueles que estão para concluir   ou que já concluíram o ensino médio em anos anteriores.
Mais uma vez o Enem de 2015 recebeu candidatos de todo o país para prestarem exames e se tornarem aptos a concorrerem aos programas do governo federal que proporciona bolsas de estudos integrais para os melhores classificados com boas notas para estudarem nas faculdades e universidades particulares e públicas brasileiras. 

Em   2014 o Enem apontou um dado preocupante num universo de   9.519.827 candidatos, 529.373 pessoas, obtiveram a nota (0) zero na redação. Porém   em 2015 foram 8.478.096, inscritos e ocorreu uma ligeira queda equivalente ao percentual de 10,67% menor que em 2014. Os participantes que alcançaram a nota zero, foram 53.032 de pessoas, a taxa caiu vertiginosamente em relação   ao ano anterior.
Ainda assim, estes números não são nada bom para a educação brasileira. Revelam sintomas gravíssimos de deficiências no ensino nacional. Somente vem a comprovar o quanto a educação sempre foi e está sendo deixada de lado e desvalorizada ano após ano, governo após governo.  A educação o maior patrimônio da   nação brasileira, praticamente permanece em quinto plano de interesse de todos os governos de todas as siglas partidárias. Eles nunca valorizaram e jamais valorizarão plenamente a educação em todos os seus aspectos.
O Resultado está aí milhares de alunos tirando zero em uma redação de um tema fácil de defender. Ora! Alunos que sempre estudaram regularmente em escola seja ela pública ou particular, não receberam formação suficiente, para no momento de prestar exame a nível nacional, não saber redigir uma redação, receberem a nota zero. Mostra que algo de errado tem neste sistema de ensino do Brasil. 

Não dar para se contentar com tantos alunos que não sabem formular uma frase, um argumento coeso do início ao fim do texto. Não saber distinguir a estrutura de uma redação. Além disso, escrever de forma totalmente errada as palavras, contendo erros gravíssimos de ortografia e caligrafia se torna ilegível e incompreensível para os professores da bancada do Enem corrigirem. Esta realidade simplesmente significa um pedido de socorro para o sistema educacional brasileiro.

Portanto, o problema na educação brasileira existe e clama por atenção dos gerenciadores do ensino desde as séries iniciais ao básico. Para reverter esta situação vergonhosa a curto, médio e a longo prazo. Enquanto, um aluno tirar zero em uma redação, o ensino nacional precisa de cuidados especiais por parte do governo.  Na política educacional brasileira quem necessita ser valorizado é o professor, pois até agora é o mais prejudicado.  Muitos estados e municípios nem o salário nacional, o famoso piso salarial dos professores, não é pago. Na sequência muitas e muitas coisas que  devem ser repensada e principalmente o governo, é obrigado  investir pesado na educação para sanar estes velhos problemas que envergonham o nosso país como sendo a 7ª economia mundial. 
Muitos podem até discordar, mas a educação do país   não vai bem. Há uma série de fatores que levam os alunos ou qualquer candidato a tirar zero em uma redação, não somente do Enem, mas de outros concursos públicos, são falhas que precisam ser urgentemente ser reavaliadas no sistema educacional em geral.
Um outro elemento a ser analisado é que além de muitos alunos já receberem uma educação deficiente, muitos não têm motivação nenhuma para ler e escrever continuamente. As maiorias perdem seu tempo nas redes sociais jogando e não tira um tempo regrado para leituras de bons livros, revistas, jornais, blogs, etc.  Todavia mais um sinal vermelho foi aplicado pelo o Enem de 2015 que a educação brasileira não está bem e necessita de atenção urgentíssima para corrigir este problema que afeta milhares de pessoas em todo o país.