Pular para o conteúdo principal

A expointer também é palco de manifestações dos servidores gaúchos.



Expointer local de exposição e manifestações  foto Cpers/sindicato

O movimento unificado dos servidores públicos incluindo o Cpers/sindicato encontraram um majestoso espaço para protestar contar o vergonhoso e humilhante parcelamento dos salários em quatro vezes determinado pelo chefe do executivo estadual gaúcho. O local escolhido foi a 38ª Expointer, em Esteio - RS nesta sexta-feira 04 de setembro de 2015.
Foram mais de 46 sindicatos e concentraram-se, as a partir das 9horas em frente à Praça Central da 38ª Expointer. Todos vieram munidos de cartazes, faixais, apitos, buzinas caminharam em direção ao Centro de Eventos, onde estava dar início a cerimônia de abertura da Expointer, na qual o governador José Ivo Sartori iria discursar.

Na abertura do evento, os funcionários públicos cantaram emocionado o hino do Rio Grande do Sul. Fazendo referência ao Estado pelo qual todos lutam para que o governo não privatize e não atribua às políticas do Estado mínimo aos gaúchos.
O momento mais emocionante foi quando os funcionários públicos dançam em repúdio ao governo Sartori. Eles roubaram a cena do evento, com vais, gritos, apitos, buzinas e palavras de ordem a cada pronunciamento das autoridades presentes.

Durante toda a cerimonial os funcionários denunciaram o menosprezo do governador para com o funcionalismo público, com a saúde, educação e segurança e também com a sociedade gaúcha.
Enquanto o governador falava, os servidores vaiaram e viraram-se de costas. No momento os servidores dançaram fazendo protesto ao último domingo 30 de agosto, quando o governador dançou com sua esposa em visita a Expointer. O episódio foi um dia antes de depositar na conta do funcionalismo R$ 600,00 reais a primeira das quatro parcelas que irá pagar o salário dos servidores.
Direito esse que todo trabalhador tem, de trabalhar por 30 dias e receber no final do mês o salário integral e o governador não está respeitando. Em nenhum momento do ato, Sartori olhou para os servidores, mostrando total desrespeitando com os servidores.

A presidente do CPERS avaliou a manifestação dos funcionários como uma boa declaração ao governador de unidade e mobilização de todos os funcionários. “Mais uma vez, mostramos a nossa força e união para o governador. Foi um ato lindo”, concluiu.