Pular para o conteúdo principal

A música no blog abre os microfones para a composição trem das onze.

Um grande sucesso musical, o samba trem das onze.




http://www.analiseagora.com/



A realidade do brasileiro que usa o transporte coletivo cantada nesta bela canção. A música trem das onze a letra fala da realidade do brasileiro em relação ao transporte coletivo. A música no blog este espaço cultural abre os microfones para a linda canção “Trem das Onze” uma reconhecida composição de um dos grandes mestres do samba brasileiro Adoniran Barbosa. Esta composição do gênero musical samba foi popularizada através do grupo famoso grupo de samba conhecido como os “Demônios da Garoa”. O compositor da música "Trem das Onze" em sua letra faz referências ao conhecidíssimo bairro da Jaçanã, situado na zona norte da cidade de São Paulo.
Em 1870, o bairro era conhecido como Uroguapira, pois se imaginava que houvesse ouro no local. Como não passou de um boato, abreviou-se para Sítio Guairá, nome dado pelos indígenas para a região da Cantareira. Em 1º de junho de 1930, o bairro passou a se chamar Jaçanã uma espécie de ave ribeirinha, também chamada de larídea, que se caracteriza pelo tom avermelhado do peito.  O Bairro de jaçanã, segundo o Censo 2000, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tem uma população de aproximadamente 91.649 habitantes que vivem numa área total de 7,8 Km², onde 43.702 habitantes são homens e 47.947 são mulheres.

Brasil. Nesta composição ele enalteceu e divulgou a metrópole brasileira nacionalmente e o mundo. Paulistano, nascido na cidade de Valinhos, em 06 de agosto de 1910 e morreu em 23 de novembro de 1982, na capital São Paulo.  
  
Esta música foi premiada no Carnaval de 1964, na cidade do Rio de Janeiro. Ela foi a grande vencedora do Prémio de Músicas Carnavalescas do IV Centenário do Rio de Janeiro.  Os paulistanos a escolheu em um concurso promovido por uma emissora de televisão como uma das melhores músicas do momento.

http://www.analiseagora.com/
O blog analiseagora reserva este espaço especial para música de todos os gêneros.

O samba fala do trabalhador brasileiro antes e hoje que usa os trens metropolitanos.


Este samba de Adoniran Barbosa foi compreendido entre os 10 maiores sucessos da música popular deste gênero, apreciada pelos brasileiros do Oiapoque ao Chuí.  Uma música que fala da realidade do paulistano, mas que inclui a de todos os brasileiros que dependem do transporte coletivo neste país.

Hoje tem muitas cidades se o trabalhador perder o último ônibus ou agora o trem metropolitano de superfícies corre o risco de chegar a casa atrasado ou até mesmo não chegar. A não ser que busque alternativas para voltar a sua casa depois de um árduo dia de trabalho. Uma música da década de sessenta, mas atualíssima. Além de ser românica ela conta num ritmo alegre a atual realidade do brasileiro.

Agora pegue sua poltrona ou escolha o melhor assento seja no trem, ônibus ou no carro. Quem sabe andando de bicicleta ou fazendo aquela bela caminha. E vamos ouvir e apreciar esta bela letra da histórica composição de Adoniran Barbosa o Trem das onze.


Andoniran Barbosa




Letra da música:trem das onze.

Quais, quais, quais, quais, quais, quais.
Quaiscalingudum
Quaiscalingudum
Quaiscalingudum

Não posso ficar
Nem mais um minuto com você
Sinto muito, amor.
Mas não pode ser
Moro em Jaçanã
Se eu perder esse trem
Que sai agora às onze horas
Só amanhã de manhã

Não posso ficar
Nem mais um minuto com você
Sinto muito, amor.
Mas não pode ser
Moro em Jaçanã
Se eu perder esse trem
Que sai agora às onze horas
Só amanhã de manhã

E, além disso, mulher.
Tem outra coisa
Minha mãe não dorme
Enquanto eu não chegar

Sou filho único
Tenho minha casa pra olhar

Bam zam, zam ,zam ,zam ,zam
Quaiscalingudum
Quaiscalingudum
Quaiscalingudum

Bam zam zam, zam .zam ,zam.
Quaiscalingudum
Quaiscalingudum
Quaiscalingudum


Quaisgudum, tchau!

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.