Pular para o conteúdo principal

Samba brasileiro tem suas raízes na África.

Samba este gênero musical dançante, tem suas raízes no continente africano, mas se tornou identidade cultural do Brasil.

Adicionar legenda

A música no blog tem este espaço destinado a cultura em geral, e abre as cortinas para o samba. Os amantes do samba têm mesmo que se orgulhar deste gênero musical riquíssimo em letra melodia e ritmo. Hoje o samba é reconhecido como uma das revelações fundamentais culturais do povo brasileiro. Esse esplendido estilo musical de raízes africanas fez nascer a mais bela dança ritmada do Brasil o samba.  O samba atual é um ícone da cultura nacional.  Geralmente o país é identificado mundialmente como a terra   do gênero musical da alegria e gingado singular.   No período carnavalesco, as escolas de samba do RJ, SP e do carnaval de rua do Recife e Salvador põe o samba na vitrine internacional através das transmissões ao vivo da dança dos foliões. Nesta época vem turistas do mundo inteiro prestigiar a festa do rei momo e dançar, pular, curtir o samba moderno.

Este ritmo alegre e dançante atravessou o oceano Atlântico chegando em terras brasileiras para alegrar as festas nas senzalas do povo negro sofrido pela vergonhosa escravidão da história do Brasil. Ainda assim esse povo aguerrido, sobrava forças para cultivar a sua cultura. A mesma se fortaleceu vencendo o tempo e o pré-conceito dos brancos senhores de engenhos, fazendeiros e a elite retrograda do Brasil em diversos momentos da história.  Esta festa começou lá por volta de 1530, alegrando os nossos irmãos da senzala e se espalhando ao longo dos anos a todo o povo até os dias atuais. O samba brasileiro só existe por quer os escravos procedentes do continente africano trouxeram em sua mente e sangue esta cultura extraordinária. Aqui chegaram para trabalhar como escravos nas fazendas de cana-de-açúcar, café e mineração. Foram estes heróis produtores da riqueza colonial do Brasil. E paralelamente, não esqueceram do mais nobre os seus traços culturais entre eles o samba. Este modelo musical que representa também a história do nosso povo miscigenado aos descendentes da África.

Por traz de todos os gêneros musicais contém a história de uma época e principalmente de um povo. O samba não é diferente das demais espécies musicais. Ele tem sua época e local de origem. As letras e ritmos fazem parte da história e cultura dos africanos que chegaram ao Brasil e ajudaram também na formação da nossa descendência afro-brasileira. Por ser uma dança animada dos escravos, inicialmente o samba, era conhecida como “batuque” por quer eram encontros alegres que incluíam instrumentos musicais, muitos cantos e danças. Com o passar do tempo essa qualificação, ganhou um novo conceito o samba a partir de 1916, século XX. O RJ foi o palco da disseminação quando foi gravado o primeiro disco de samba o famoso álbum “pelo telefone” que segundo a Biblioteca Nacional, foi o primeiro registro de samba gravado no Brasil.



O samba se disseminou em todo o país, em diversos estados dos brasileiros onde os negros foram fixados para trabalhar.  Em cada local desses ganhou o seu nome próprio como espécie de identificação da região e suas distinções próprias. Observe com atenção os nomes que estas danças em compasso de samba receberam, exemplos; Maranhão: trocada, coco-de-parelha, samba de coco e soco-travado. Ceará: tambor-de-crioula, também conhecido como ponga.  Rio de Janeiro: samba-lenço, samba-rural, tiririca, miudinho. SP conhecido como jongo. Rio Grande do Norte: partido-alto, miudinho, jongo e caxambu. Entretanto, as danças populares desse gênero do samba, geralmente as mais conhecidas entre as comunidades afrodescendentes em todo o país são: bate baú, samba-corrido, samba-de-roda, samba-de-chave e samba-de-barravento. Os instrumentos usados em uma roda de samba são cuíca, violão, cavaquinho, pandeiro, repique de mão, surdo, reco-reco, tarol, chocalhos, caixa de guerra, agogô, pratos e etc.  A bateria das escolas de samba do RJ é quem determina o ritmo, alegria para todos os componentes seguirem em frente até a conquista do título.


Portanto, o samba se transformou ao longo do tempo uma espécie de identidade cultural brasileira, no âmbito da música e reconhecida internacionalmente, as suas características próprias que representa, sobretudo a história dos afrodescendentes que ajudaram a construir uma nação linda, alegre e feliz de traços específicos que representa uma nação unida. O blog analiseagora tem a satisfação de convidar todos os leitores apaixonados pelo samba escolher o melhor lugar para ouvir e apreciar algumas músicas que representam o melhor do samba nacional.