Pular para o conteúdo principal

Berimbau é ícone da arte musical dos descendentes afro-brasileiros.


O berimbau produz um som musical que expressa a liberdade corporal dentro de uma roda de capoeira.
A imagem mostra os componentes de um berimbau.

A música no blog este espaço especial destinado à arte da música mais ritmada gerada pelo berimbau. O berimbau produz um som musical que expressa a liberdade corporal dentro de uma roda de capoeira. O berimbau é um dos instrumentos musicais mais alegres, de origem africana; ainda que existam controvérsias entre os historiadores quanto as suas origens. Porém tudo indica que este extraordinário instrumento da música tenha nascido no Continente Africano.
É ele que determina o ritmo das músicas nas rodas de capoeira. Sua influência é ampla em outros gêneros musicais. O vocábulo “Berimbau” origina-se do termo quimbundo = berimbau. "Urucungo" origina-se do termo quimbundo ri'kungu, que significa "cova". É uma referência à cavidade do berimbau.⏩

A música como arte universal inclui múltiplos instrumentos produzindo o som das nações e suas culturas. A música brasileira de raiz é gerada a partir desta mesclada, misturas de povos e seus instrumentos musicais, emanados de outros continentes. E assim se forma uma miscigenação rica em peculiaridades, artísticas, especialmente, quanto à música como identificadoras dos sons e também da sua origem de afro-brasileira.

O som retirado do berimbau nos leva a fazer viajar a partes do imenso continente africano, especificamente de Angola. Foi de lá onde os nossos irmãos angolanos quando vieram para o Brasil como escravos, trouxeram em suas bagagens o berimbau. Este instrumento gerador de uma música singular a partir das cordas para marcar o ritmo sonoro da capoeira. Os escravos conseguiram manter viva a sua cultura africana, em terras brasileiras. Também em meio as perseguições foram ousadas em disseminar esta arte para todo o país, até os dias atuais. O som da capoeira extraído do berimbau é uma arte que somente os africanos e seus descendentes sabem executar com perfeição. Entretanto, os brasileiros ao longo dos anos assimilaram com facilidade está dança acrobática que faz a animação, a união e a preservação de uma cultura nas rodas de capoeiras. Atualmente existe vigorosamente em muitas das cidades brasileiras. Representa uma verdadeira expressão de liberdade para todos que praticam a capoeira ao som da música retirada de um berimbau.  

Ressaltando que no período da escravidão era proibido aos escravos tocarem o berimbau para praticarem a dança da capoeira. Somente podiam tocar, dançar e lutar nas senzalas em dia de festa. Eles faziam suas exibições nas escondidas.  Quando flagrados sofriam punições severas através do capitão do mato, escravo também, mas perseguia, maltratava seus coirmãos a mando do senhor de engenho.         O berimbau um rico instrumento onde o tocador hábil pode tirar praticamente todos os sons e ritmos musicais. Para que o som que possa marcar o compasso da capoeira, ou para ritmar qualquer música popular, clássica e até mesmo a erudita.

Este instrumento é fabricado de corda utilizado para fazer percussão na capoeira. Tem formato de arco e uma vara de madeira, possui comprimento aproximado de 1,20 m a 1,60 m, e um fio de aço, preso nas extremidades da vara. Em uma das extremidades do arco é fixada uma cabaça que tem a função de expandir o som dançante. O berimbau é então este instrumento rico em detalhes para produzir uma sofisticada batida ritmada da música para a prática da capoeira.
Para tocar o berimbau é preciso dominar com precisão os seus sete componentes fundamentais, obtendo assim um ritmo de qualidade. É um instrumento que parecer ser simples para causar um som de qualidade, mas é necessário conhecer sua estrutura complexa e ter o domínio de cada item.

A música no blog é um espaço criado para todas as postagens relacionadas a música de todos os gêneros.
A imagem diz:a música no blog analiseagora.

01-Baqueta é uma espécie de vareta de madeira, que mede entre 30 e 40 cm, é batida contra a corda para emitir o som do berimbau.
02-Dobrão é uma moeda que circulou no Brasil no Reinado de Doam VI. Geralmente hoje muitos artistas do berimbau usa uma pedra pequena e trabalhada.   Ela é segurada entre o polegar e o indicador da mão esquerda e faz variar as notas emitidas pelo berimbau, dependendo da pressão que faz na corda.
03-Cabaça é fruto seco e limpo da cabaceira, árvore comum do Nordeste brasileiro. Em outras regiões do Brasil é conhecido como prorrogo e outras denominações.  Possui o formato de uma cuia e funciona como caixa de ressonância.
04-Verga é o arco, com cerca de 1,60 m de comprimento, é feito geralmente do caule de um arbusto chamado biriba, comum no Nordeste do Brasil.
 05-Corda normalmente é um fio de arame de aço bem esticado. Os mais usados são de pneus radiais, mas pode utilizar outros que seja resistente e produza um som de qualidade.
 06- Amarração da cabaça para se produzir um som de qualidade é fundamental um fio prender esta cabaça à encurvada auxiliando a passar o som emitido através deste fio preso de ponta a outra.
 07- Caxixe é um pequeno chocalho cheio de pedrinhas para facilitar a marcação do ritmo da luta da capoeira

Portanto, no mundo da música não existe instrumentos excluídos pelo contrário, todos podem fazer um som sincronizado deixando qualquer gênero musical perfeitamente; compassado e gostoso de ouvir. O berimbau não se restringe exclusivamente ao uso da capoeira, mas abre inúmeras possibilidades de acompanhamento em todos os estilos músicas. Consequentemente, o berimbau abre caminho para os novos compositores adeptos deste ritmo, criarem novas modalidades e incluir o berimbau em suas novas composições. Toda via, fazem nascerem belas músicas genuinamente brasileira, mas, sobretudo jamais perder a essência histórica deste instrumento que é um ícone da música de raiz.  Agora vamos ouvir este som maravilhoso de um legitimo berimbau marcando a ginga e a sincronização de uma belíssima roda de capoeira.



 Capoeira Expressão de Liberdade-YouTube




                                                   

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.