Pular para o conteúdo principal

Intervalo para pensar na responsabilidade de votar consciente.

Terminou a campanha eleitoral de 2014.

Eleições gerais de 2014,primeiro turno.
A nação brasileira vivenciou nestes quase quatro meses de campanha eleitoral desde o primeiro ao segundo turno das eleições uma verdadeira festa da democracia. Foi um longo período de convencimento e caça ao voto do eleitor pelos candidatos. Esta busca aos votos começou oficialmente no dia 06 de julho até o dia 25 de outubro de 2014. Todos os candidatos fizeram um grande esforço para conseguir o voto do eleitor. Eles fizeram tudo que a lei eleitoral lhes permitia para alcançarem a população votar em ser seu administrador tanto em nível dos estados quanto federais.

Após a campanha democrática pausa para votar.

Depois de todo o barulho democrático chegou o momento de pausar para a reflexão, a serenidade e a calmaria. Importante este momento para que todos possam se preparar para exercer o mais nobre ato de cidadania, o de votar com muita clareza e responsabilidade para eleger os nossos governantes. E escolher, sobretudo com consciência quem vai administrar os poderes executivos dos nossos Estados e especialmente da Presidência da República do Brasil.

 A campanha foi turbulenta para os dois lados. 

Foi um período turbulento desde o início ao fim desta campanha eleitoral; que vai entrar para a história como uma das mais conturbada e agitada. Foram muitas confusões e acusações entre os concorrentes. Ênfase para o segundo turno principalmente na reta final desta campanha. As pesquisas deste pleito também acompanharam o ritmo perturbado dos postulantes ao poder. Os institutos usando seus métodos científicos em algumas situações não souberam ler a vontade do povo e muitas deles queriam impor sua vontade, mas isso não vingou. A imprensa também nos últimos dias tentou confundir o povo com denúncias de todos os tipos dali e daqui este fez isso, aquele fez aquilo, e ainda um pouco mais, este ou aquele, deixou de fazer isso ou aquilo e etc.

Momento de reflexão para votar consciente.

O importante é que o povo brasileiro está tendo discernimento, do que é divulgado. A nação não se deixa ser mais enganada quando percebe que há grave manipulação evidente da mídia. Notadamente em final de campanha eleitoral. Uma praxe mal-intencionada da imprensa poderosa que querem alterar a vontade do povo; fazendo avalanches de denúncias, aumentando ainda mais a tensão da população. É a cultura negativa do denuncismo mal-intencionada com fins eleitoreiros, um absurdo que o povo está já se alertando com esta novela perigosa de final de campanha. É por isso que este papelão baixo nível que alguns veículos de consumições fazem tem o repudio dos brasileiros.

Os brasileiros democraticamente se envolveram com o processo eleitoral.


Portanto, os cidadãos brasileiros sejam diretos ou indiretamente; se envolveram no processo eleitoral para eleger os governantes nas esferas estaduais e federais. As eleições é a melhor ferramenta da democracia onde o povo tem o poder de escolher e livremente seus administradores através do voto secreto. É uma grande satisfação morar em um país cujo regime de governo é a democracia. Ainda que não seja perfeito é um dos regimes de governo melhores do mundo. 

O blog analiseagora deseja feliz eleições.
Em cada eleição está à possibilidade renovação, fortalecimento e correção de alguns vícios que permanecem em nossa democracia. Então, de hoje para amanhã teremos este momento especial para pensar e votar conscientemente, visando sempre um Brasil melhor. Aonde os governantes possam em sua gestão olhar para o povo, ver suas necessidades básicas e trabalhar para que todos tenham uma qualidade de vida em todos os setores sociais.  Este blog analiseagora deseja a todos os votantes do Brasil e do mundo UMA FELIZ VOTAÇÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.