Copa de 2014 sobre barulhos e protestos contra gastos públicos.

A COPA DO MUNDO MARCADA DE: PROTESTOS E DOS BARULHOS POPULARES.


Estamos em contagem regressiva para a abertura oficial da copa do mundo de 2014 no Brasil, que será no próximo dia 12 de junho às 17 horas em São Paulo no Estádio do Corinthians o famoso Itaquerão.    Não é mais novidade a copa do mundo no Brasil, é a mais dispendiosa da história das copas do mundo, principalmente para os cofres públicos do Brasil.
protestos contra a copa 2014 em muitas cidades do Brasil

Estamos em contagem regressiva para a abertura oficial da copa do mundo de 2014 no Brasil, que será no próximo dia 12 de junho às 17 horas em São Paulo no Estádio do Corinthians o famoso Itaquerão.    Não é mais novidade a copa do mundo no Brasil, é a mais dispendiosa da história das copas do mundo, principalmente para os cofres públicos do Brasil. Os organizadores já enterram um montante de mais 30 bilhões de reais, dinheiro dos impostos pago por todos os brasileiros que deveriam voltar em formas de politicas públicas sociais para resolver problemas crônicos que afetam ainda mais as carências do povo. Aqui está a gênese da inconformidade e dos protestos do povo brasileiro.  Ainda assim, tem muitas obras a serem concluídas até a bola começar a rolar nos gramados dos estádios preparados para a festa luxuosa do futebol mundial.

Quanto mais se deslumbra a hora deste evento esportivo mais popular da Terra. Os barulhos e os protestos populares que vem das ruas têm se intensificando aceleradamente em forma de protestos contra os gastos públicos exorbitantes para este acontecimento do futebol mundial. Os protestos ocorrem principalmente nas capitais e cidades sedes onde serão realizados os jogos; pontos culminantes da copa do mundo.Vamos conferir a tabela dos jogos da copa do mundo 2014 grupo a grupo jogo a jogo e seus horários em suas devidas cidades sedes.

As manifestações que já estão acontecendo e tende a engrossar nos próximos dias e tem lideranças e objetivos claros. As lideranças são grupos que não aceitam a copa do mundo no Brasil e tem como pano de fundo politico. Alegam que vai faltar: educação, saúde, transportes, segurança, emprego, etc. Por tudo que foi gasto, pode sim a vir faltar estas demandas sociais e desencadear uma crise econômica pós-copa vamos para incerteza. Agora tudo vai depender de quem vai administra este país após a copa, ou melhor, depois das eleições deste ano. Não dar para descartar os protestos vai servir de alerta para que o povo brasileiro não venha a sofrer amargamente com a falta de dinheiro que foi gasto na preparação deste evento esportivo mundial.


Contudo, fique bem claro a copa é fato irreversível, vai ter e em grande estilo não tem como mais voltar atrás é fato consumado.
protestos contra a copa 2014 no RJ

Contudo, fique bem claro a copa é fato irreversível, vai ter e em grande estilo não tem como mais voltar atrás é fato consumado. Vamos protestar é um direito garantido a todo cidadão brasileiro pela Constituição Federal. Leiam o artigo quinto da nossa carta magna e fiquem cientes deste direito. Todavia protestar ordeiramente e sem vandalismo. O vandalismo trará mais prejuízo para quem praticar e para quem não praticar atos de depredação. Quem não faz vandalismo vai pagar através de mais impostos a destruição dos vândalos; esta é a realidade. Portanto, todos tem o direito de protestar de fazer enormes barulhos, mas sem destruir o patrimônio publico e privado e, sobretudo sem violência. A copa do mundo vai ser a festa do futebol do mundo realizado em nosso país, vamos receber todas as nações do planeta.
Eles não têm nada a haver com os gastos exagerados do governo brasileiro.
a bola vai rolar na copa de 2014 no Brasil

Então em vez de sermos barulhentos e assustadores vamos dar o bom exemplo de hospitalidade, e, sobretudo educados para com os nossos visitantes quem veem de longe conhecer nosso país. Eles não têm nada a haver com os gastos exagerados do governo brasileiro. Vamos receber todos os povos e torcer para que nossa seleção brasileira possa conseguir o feito de conquistar o hexacampeonato mundial no maracanã e enterrar definitivamente o fantasma decepcionante de 1950 quando fomos eliminados pelos nossos irmãos uruguaios por 2 x 1. E fazer muito barulho de alegria por mais uma conquista mundial.