Prepare o orçamento a conta de luz vai aumentar.

A CONTA DE LUZ REDUZIDA TERMINOU O REAJUSTE É SUPERIOR A TRÊS VEZES AO DO SALÁRIO MÍNIMO PARA 2015.


http://www.analiseagora.com/
Poste para a trasnmissão de energia ele´trica para os consumidores.

Todos os acordos que visam melhorar a saúde do bolso dos brasileiros duram muito pouco ou quase nada. Foi o que aconteceu com a tão propagada conta de luz barata para os usuários brasileiros durante o ano de 2013.

O governo não suportou o choque das descargas energizadas da ganância das multinacionais que controlam o setor elétrico brasileiro. Não se contiveram e dispara um canhão de aumento para todos os consumidores residenciais de 28,86% e para os outros setores o percentual de 30,29%. Para o Rio Grande do Sul.
Este aumento da conta de luz vem na contramão ao aumento do salário mínimo brasileiro já projetado para 2015, que recebeu o percentual de 7,71%%. O aumento da luz ultrapassou em mais de três vezes ao do salário mínimo brasileiro, traduzindo em valores vamos receber R$ 779, 79,00 em 2015. Forma-se aqui uma equação complexa e nunca vai gerar um denominador comum equitativo entre as concessionárias e os consumidores.
Todos vão sentir e sofrer as consequências já na próxima fatura. Então: comecem a viver na penumbra, desliguem os aparelhos de ar condicionados, joguem os ferros de passar roupa no lixo, tomem um banho relâmpago, evitem deixar qualquer lâmpada acesa desnecessariamente. Atenção! Não se esqueçam de preparem os bolsos, reservando uma quantia extra para quitar a próxima fatura da conta de sua luz. As concessionarias estão na mendicância não tem dinheiro nem para comprar um poste de cimento todos os brasileiros precisam ajudar estas "pobrezinhas" multinacionais se não o país vai parar num apagão total, elas não têm nem um centavo para comprar um metro de fio, quiçá fazer quaisquer tipos de investimos darem dó né!

Ingenuamente escrevi em 2013, no meu estimado blog: “a conta de luz vai baixar”. Agora chegou o momento vergonhoso e enraivado de escrever outra matéria para retratar de tudo e falar para o nosso povo preparem seus orçamentos “a conta de luz vai aumentar”!  E desta vez não vai ser um aumento leve, vai ser mais pesado do que uma descarga elétrica de milhares de megavolt de potência inflacionária em nossos bolsos. Sem prazo para terminar, mas numa velocidade superior a da luz que: consumimos em nossos lares, comercio, indústria, etc.

Não tem dinheiro que chega para enriquecer as multinacionais da luz.  

Portanto, o aumento da luz veio agora para permanecer e corroer os nossos salários. Tudo vai aumentar numa sequência sem fim. O aumento da luz é semelhante aos dos combustíveis. Quando aumenta todos os setores da cadeia produtiva também aumentam e este acréscimo é repassado aos consumidores. Da mesma forma vai acontecer neste reajuste na conta de luz. A cadeia produtiva de todos os setores será automaticamente majorada.  E este aumento somos nós que pagaremos o ônus de todos os aumentos sequenciados nos mais diversos setores da economia brasileira.
Não é simplesmente a conta de luz da nossa casa que saldamos. Pagamos tudo, pois todos os aumentos são repassados em tudo o que consumimos. Em contrapartida o aumento de salário que é irrisório que não compensa os gastos de uma lâmpada econômica acesa em nossos lares. É mais uma injeção de bilhões que as concessionarias vão receberem em suas contas. Elas já são riquíssimas e ficaram ainda mais através deste aumento que os consumidores irão pagar. Além dos subsídios bilionários que o governo repassa para estas concessionárias. Uma singela “mixaria”, uma insignificância, até capricham no nome “aporte” de um total, abaixo da linha da pobreza econômica invejável que até agora ,já se  soma uma quantia irrisória no valor de 13 bilhões de Reais. Um socorro urgente para estas “pobrezinhas” multinacionais e concessionarias que atuam no setor elétrico brasileiro.
São inacreditáveis com tantos bilhões em seus caixas elas são incapazes de investir em modernização na transmissão de energia aos consumidores e para não ocorrerem apagões e transtornos irreversíveis a população que paga uma energia caríssima, mas não a tem em muitos momentos cruciais do dai-a- dia. 
podem preparar várias  cédulas dessas para quitar as conta de luz dos próximos meses.

A situação no RS é tão grave que até uma CPI está sendo feita pelos deputados gaúchos cobrando explicações e melhorias na distribuição e manutenção das redes de energia elétrica pelas concessionárias deste setor. É uma vergonha, mas a maioria dos postes que sustentam a fiação elétrica, telefonia e TV a acabo são de madeira. Todos estão podres e muitos escorados e amarrados com arames. Simplesmente quando há uma formação de chuva, nem precisa ser temporal ficamos sem energia. E quando ocorrem temporais de grandes proporções o setor elétrico entra em colapso total. Transformando a vida da população em estado de calamidade pública. Um exemplo que ilustra bem esta situação foi o temporal severo que atingiu a grande Porto Alegre ou região metropolitana e adjacências em 31 de janeiro de 2014.