Pular para o conteúdo principal

Quem disse que as lutas não resultam em vitórias?

OS FUNCIONÁRIOS DAS ESCOLAS PÚBLICAS DO RS DERAM UM EXEMPLO DE LUTAS PERSISTENTES E OS RESULTADOS CHEGARAM.


Os funcionários das escolas do RS travaram uma árdua luta desde 2001 quando foi criado o plano de carreira, mas em seguida, foi excluído do quadro de servidores da educação, pelo então Governador Olívio Dutra. Desde esta época os funcionários não deram trégua.
pressão dos funcionários de escolas do RS e cpers/sindicato  na assembléia legislativa  

Os funcionários das escolas do RS travaram uma árdua luta desde 2001 quando foi criado o plano de carreira, mas em seguida, foi excluído do quadro de servidores da educação, pelo então Governador Olívio Dutra. Desde esta época os funcionários não deram trégua. Organizaram-se sobre a orientação do sindicato: em grandes mobilizações, atos públicos, manifestações, caminhadas e greves, etc. Somente após doze anos de muitas lutas organizadas através do Cpers/sindicato; este ano conseguiram sua vitória merecida. Um grande avanço para esta nobre categoria de trabalhadores da educação que trabalham penosamente em todas as escolas deste Estado para proporcionar um bom funcionamento das escolas. Agora conseguiram definitivamente o seu próprio plano de carreira. O resultado desta luta estar aí com a aprovação do projeto de nº 298/2013 que cria a categoria funcional no quadro de servidores das escolas estaduais do RS.

As batalhas dos funcionários das escolas deste Estado; sempre foram e sempre serão todas difíceis.  Os funcionários exigiram a inclusão no quadro de careira dos servidores do magistério. E somente agora foram reconhecidos através da aprovação deste projeto de lei pelos deputados estaduais gaúchos, que garante a inclusão no plano de carreira como servidores estatutários estaduais.
Agora todos os trabalhadores em educação terão seu plano de carreira especifico, pois falta ainda a promulgação pelo governador. Os resultados das grandes lutas se concretizaram e finalmente conseguiram uma vitória intensa, mas é histórica para toda a categoria dos funcionários das escolas estaduais.

Esta inclusão recebeu um grande impulso com a greve de 2013 no período de 23 de agosto a 13 de setembro deste ano. A pressão para a inclusão dos funcionários no quadro de carreira foi decisiva para que acontecesse a aprovação desta lei que valoriza esta aguerrida classe de trabalhadores da educação do nosso Estado.

Quem disse que as lutas não resultam em vitórias?  Estamos diante de uma dolorosa luta dos funcionários da educação do RS, mas seu resultado foi vitorioso para todos os funcionários das escolas deste estado gaúcho. Um importante exemplo das constantes lutas de todos os trabalhadores que assim procedem. Sempre as conquistas vieram das grandes lutas e lutas persistentes por mais difíceis que se apresentem ser aí sim, dever haver maior: união, organização e grandes mobilizações das categorias param se obtiver um resultado vitorioso.

Parabéns a todos os funcionários de escolas por esta vitória que vem exclusivamente corrigir uma histórica injustiça destes heróis que diariamente trabalham pesadamente para fazer as escolas funcionarem bem, para todos os alunos deste Estado do RS. Um Estado que vem desprezando seus funcionários públicos. E são eles que fazem alavancar o progresso desta Unidade Federativa do Brasil. E como é de praxe a educação sempre fica para o último plano de governo.

As lutas dos funcionários das escolas servirão como exemplo vivo para todos os professores deste Estado que são chamados a brigarem por seus direitos. Também os professores que neste embalo da pressão conseguiram forçar o governo retirasse o projeto que pretendia dar o maior calote aos educadores. Ele tinha a má fé de reduzir as chamadas RPV’s (Reposição de Pequeno Valor) em 50% foi obrigado retirar da pauta de votação este abominável projeto de lei que destruía a esperança de um dia os professores receber os precatórios, ou melhor, as RPV’s. Portanto, todos na luta sempre. Permanecer trabalhando em sala de aula ou em casa em dia mobilização do sindicato somente vem colaborar com o este governo explorador de todos os funcionários públicos do RS.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença sentimento negativo presente nas relações humanas.

A indiferença está presente na vida humana e   setores da sociedade. A indiferença um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimentonegativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos.
Podemos perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. No plano social há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos humanos reagirem indiferentemente frente os problemas alheios. No âmbito governamental o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente entre nação dominante …

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.