Momento de pausa e avaliação das manifestaçoes no Brasil



MOMENTO DE PAUSA E REFLEXÃO PARA PENSAR NOVAS TÁTICAS DE MANIFESTAÇÕES.
Nestes últimos meses o país tem vivido momentos de turbulências como nunca se via há 21 anos com o fora Collor. Já foram feitas inúmeras manifestações da população contra o modelo de sociedade dominada por governantes corruptos, injustos, e esbanjadores do dinheiro público que ainda permanece intacta sem grandes mudanças.  Tudo teve sua gênese por baixar R$ 0,20 centavos nas passagens de ônibus, mas ficou evidente que não era apenas isto o povo quer muito mais. Todavia foi como se abrisse a válvula de uma panela de pressão evacuando a pressão e transformando em cobranças e mudanças sociais no Brasil inteiro. Esta pressão foi contagiando a população por mudanças estruturais de grande envergadura nos campos sociais, econômicos e éticos. A nação foi às ruas fazendo grandes clamores que atingiram os tímpanos dos ouvidos palacianos desde: as prefeituras, câmaras de vereadores; passando pelas casas dos governos estaduais, assembleias legislativas, câmara e senado federal até o palácio do planalto. A população fez estremecer este país de ponto a ponto.
momento de pensar novas ações para as manifestações


Nestes últimos meses o país tem vivido momentos de turbulências como nunca se via há 21 anos com o fora Collor. Já foram feitas inúmeras manifestações da população contra o modelo de sociedade dominada por governantes corruptos, injustos, e esbanjadores do dinheiro público que ainda permanece intacta sem grandes mudanças.

Tudo teve sua gênese por baixar R$ 0,20 centavos nas passagens de ônibus, mas ficou evidente que não era apenas isto o povo quer muito mais. Todavia foi como se abrisse a válvula de uma panela de pressão evacuando a pressão e transformando em cobranças de mudanças sociais no Brasil inteiro. Esta pressão foi contagiando a população por mudanças estruturais de grande envergadura nos campos sociais, econômicos e éticos. A nação foi às ruas fazendo grandes clamores que atingiram os tímpanos dos ouvidos palacianos desde: as prefeituras, câmaras de vereadores; passando pelas casas dos governos estaduais, assembleias legislativas, câmara e senado federal até o palácio do planalto em Brasília. A população fez estremecer este país de ponto a ponto.

Agora parece ser um momento de calmaria de reflexão entre os dois lados. De um lado a população está no aguardo de ser atendida a ampla pauta nacional de reivindicações proposta e entre ao governo. Contudo, até o momento têm sido acatado alguns itens um tanto ínfimos por parte do governo. Do outro lado deparasse o governo postergando o quanto pode para não atender o que a população exigiu durante este período das grandes manifestações nas ruas deste país. A população não ficará inerte se a pauta de transformações e mudanças estruturais não for cumprida pelo governo.

A câmara dos deputados o senado e a presidência da republica serão responsabilizados e cobrados pela população. Certamente a nação exigirá com mais veemência nas cidades de todo o Brasil e com consequências imagináveis, uma sociedade melhor e mais: democrática, equitativa, transparente e limpa deste mal da corrupção que atinge todos os setores públicos e privados deste país continente.

Esta pausa que o gigante chamado povo brasileiro está cedendo, serve para profundas e sérias avaliações dos movimentos e certamente para planejar quais os próximos passos e ações a serem reorganizados daqui para frente. O gigante não voltou a dormir, apenas está em momento de reflexão e avaliação. A nação brasileira fez uma grande demonstração de força para os governantes deste Brasil. O povo tem poder e força e mostrou para o governo que pode mudar o rumo deste país. O governo parece que não está dando muita atenção aos clamores do povo. Está usando a tática de “ouvidos de mercadores” ou se faz de conta que continua inerte diante dos clamores do povo. O que se percebe o seu esforço, até o momento é inócuo para satisfazer as carências da nação brasileira. O governo deve ser ágio para respeitar e acatar os anseios deste povo que sofre e que simplesmente está exigindo uma sociedade que tenha excelência na: educação, saúde, transporte, segurança, etc. Além disso, uma ampla reforma política que venha moralizar a prática política em nosso país fundamentado na ética. O povo não suporta mais esta sociedade doentia em todos os setores sociais, pois as consequências desta sociedade desequilibrada pelos políticos que cometeram absurdos nas áreas: econômicas, sociais e éticas; são para toda a nação brasileira. Portanto este momento é imprescindível para reflexão de quais rumos o povo brasileiro seguir nestes próximos dias.  Exclusivamente só dependerá da atitude do governo, ou atende as reivindicações populares ou a nação voltará com mais força a assumir o comando das ruas de todo o país.

Comentários