Páscoa é a vitória da vida sobre a morte através da ressurreição gloriosa de Jesus.



http://www.analiseagora.com/
Páscoa passagem da morte para a vida eterna através da ressurreição de Cristo 
A páscoa é a celebração mais importante do calendário religioso cristão. 
A celebração da vitória da vida sobre a morte, através da Ressurreição Gloriosa de Jesus Cristo. O Único Salvador da humanidade, da escravidão do pecado
Para que possamos entender melhor o sentido desta celebração cristã, é fundamental entendermos o significado desta palavra. Páscoa tem uma derivação do hebraico: Páscoa “Pessach” que traduzindo literalmente significa passagem. O mesmo significado pode encontrar no grego “Πάσχα” que é igual à passagem.

Esta passagem refere-se à saída do povo judeu pelo Mar-vermelho liberando-se da escravidão do Egito. Eles caminharam pelo deserto por 40 anos, rumo a Terra de Canaã, a terra prometida por Deus. Esse tempo longo foi durante a caminhada muitos episódios de desobediência a Deus ocorrem.
Esta geração morreu no deserto. Apenas dois líderes entraram na terra prometida. Segundo a Bíblia foram Josué e Calebe e Moises apenas foi concedido ver a beleza dessa terra onde brotava leite e mel.   Hoje o povo caminha tropeçando em erros e desobediências rumo à terra celestial a vida eterna.
No entanto, é uma das celebrações que remota aos tempos de Moisés dentro da história da salvação. Esta data Tem um sentindo peculiar onde marca o fim da antiga aliança que Deus fez com seu povo através de Moisés no Monte Sinai, prescrevendo todos os preceitos a serem seguidos pelo povo de Israel. Ao mesmo tempo marca também o início de uma nova aliança, que o Próprio Deus faz ao seu povo através de seu Filho Jesus Cristo. Filho unigênito imolado em sacrifício de cruz e ressuscitou no terceiro dia para salvar a todos que creem. A salvação dos que creem e aceita, depende exclusivamente deste último sacrifício de Deus executou, como prova de amor a todos que aceitarem Cristo como o único caminho para a salvação. Esta é a nova aliança que Deus faz pela redenção da humanidade. É a passagem da morte para a vida eterna, a vitória da vida sobre a morte provocada através do pecado. Pecado este pago por Cristo através de sua morte na Cruz e consumado por meio de sua ressurreição. Este é o legitimo sentido cristão da páscoa para os que creem neste plano perfeito de salvação de Deus para a humanidade.

                                              
A imagem mostra a cruz de Cristo vazia e significa  que foi ressuscitado e venceu a morte e todos estão salvos em Jesus. 
Contudo o que vemos em nossa sociedade consumista não é bem isso. Páscoa hoje tem um sentido lamentável para muitos bem diferentes. Uma grande maioria sequer sabe realmente o porquê deste feriado ou celebração. Para uma grande maioria páscoa é simplesmente manter algumas tradições criadas ao longo da história que não tem nada a ver com esta celebração cristã. Tem outro objetivo simplesmente comercial. Nesta época do ano o comercio planeja aumentar em grandes porcentagens nas vendas de tudo em relação ao ano anterior. Lançam grandes campanhas para triplicar a venda de chocolates, peixes, todos os ingredientes para preparar o almoço de pascoa. Além dos mais variados presentes que muitas pessoas prometem uns para os outros ou os filhos exigem dos pais. Mesmo estando no vermelho no cheque especial e enforcado nos cartões de créditos. Ainda usa um inofensivo animalzinho como mascote das vendas, o coelho. Hoje o coelho e os ovos de chocolates são bem usados no meio comercial neste período do ano. Já ouvi muita gente fazer o seguinte comentário: “se nesta época não comer pelo menos um peixe ou não ganhar um ovo de chocolate, não existiu pascoa. ” São pessoas sem noção do que realmente significa a páscoa e tem muita gente que pensam assim.

Está mais do que na hora dos especialistas em doutrinas os Teólogos. Orientarem ao povo o real sentido da páscoa. Essa passagem pascal que se fala tanto, não é uma mera passagem, mas é uma passagem que envolveu quatro gerações repletas de todos os sofrimentos humanos, uma caminhada sobrecarregada de vitórias, derrotas, desvios das propostas divinas até completar o longo percurso da terra prometida.

Os anjos choraram-YouTube.


A páscoa de Cristo também foi completada através desta passagem dolorosa de uma morte de cruz. Na época do Império Romano a pior humilhação que um ser humano podia passar era ser condenado a uma crucificação até chegar à morte. O filho de Deus passou por esta passagem de consternação que não temos ideia do que foi este sofrimento por amor aos seus.


Hoje o Povo vive simplesmente uma mera tradição sem saber a magnitude do que realmente significa esta data para a vida cristã. O comércio vem a cada ano anulando este legado deixando as pessoas num vácuo do que realmente vem a ser páscoa. É imprescindível resgatar esse sentindo magnânimo da páscoa para os cristãos. Não é apenas comer peixe, chocolate e outras guloseimas que os comerciantes oferecem na pascoa. O sentido pascal vai muito mais além dessas comilanças e tradições impuseram ao povo. Esta visão comercial contraria este tempo especial de reflexão, introspecção, e preparação para uma súbita passagem pascal individual a presença do Senhor Jesus.👍