Pular para o conteúdo principal

Água um bem comum essencial a vida e não pode ser privatizada.

http://www.analiseagora.com/
A água fonte de vida está poluída.
Dia mundial para pensar sobre o futuro da água no Planeta Terra. A partir de hoje o mundo comemora a semana da água. Esta data foi definida pela ONU em uma conferência no Rio de Janeiro no ano de 1992, (eco-92) onde todos os países foram convidados a promoverem trabalhos de conscientização para o consumo racional deste bem finito e programar ações visando um consumo consciente e sustentável. 

Alguém já ficou um dia sem água em casa, por vários motivos e sentiu quão grande é a sua importância para vida. Contudo, só mesmo assim, para todos descobrirem a importância da água para todos os seres vivos do Planeta Terra.

Todavia, para muita esta semana certamente passará despercebida como se nada estivesse sendo feito pelo mundo em defesa da água e para refletir sobre este bem precioso para a sobrevivência da humanidade e o uso racional deste bem que já está faltando em muitos lugares do Brasil e do mundo.
Impressionante que geralmente as pessoas só percebem a importância da água em suas vidas quando a mesma para de sair da torneira por diversos motivos que a impende da água chegar para abastecer a casa e todos os pontos que usamos. Automaticamente quando despertamos e vamos a pia, ao banheiro, ao chuveiro, para fazer as primeiras higienes pessoais do dia e não há preciosa água, então sentimos sua falta e em nossa consciência sua importância. A sua falta fica bem evidente quando: conduzimos a cozinha e não existe água para preparar o café da manhã e as demais refeições do dia. Pensar em ligar às máquinas de lavar roupas e louças as mesmas não liga por quer não existe água, o dia parece iniciar sem jeito e desatinado. 

A partir destes transtornos de um dia, sem este líquido precioso incolor de suma necessidade a vida poderá mudar os nossos hábitos e também a maneira de pensar completamente sobre a importância da água para todos. Aqui surge a reflexão sobre a falta de água e começamos a questionar como é possessível viver sem água? Acontece que agora vivem muita gente neste mundo que sofrem devido à escassez da água. Há lugares que este liquido inodoro é mais valioso do que o próprio dinheiro, o dinheiro não compra tudo. A água é o meio indispensável para sobrevivência de todos os seres vivos, sem ela não há vida.  São tantas as coisas que fazemos com a água em nosso dia-a-dia sem a mesma não podemos fazer coisa alguma. No entanto, água serve para tudo. Até podemos viver sem luz, TV, telefone e Internet, alguns dias sem alimentação, mas sem água a vida começa a definhar.

Planeta água.


A água é um bem comum e por ser este bem comum já mais deve ser privatizada, para se tornar uma propriedade particular de uma ou várias empresas que exploram danosamente os lençóis freáticos existentes no mundo e em especial o Brasil. Nós brasileiros que devemos nos orgulhar de ter o gigantesco aquífero guarani de valor incomensurável.  Por isso, que tem muita gente gananciosa tentando privatizar uma riqueza que não pertence a um governo, mas a natureza e a nação. Sendo uma reserva natural o governo brasileiro tem o dever de evitar esta pressão que muitas empresas estão fazendo para comprarem a maior reserva de água doce do mundo para obter lucros e, além disso, poluírem. É obrigação de o governo preservar e defender este patrimônio natural e de interesse da soberania nacional e não vender a preços irrisórios as empresas que pretendem serem donas desta riqueza hídrica que não pertencem aos: deputados, senadores e a qualquer presidente que estiver no comando da nação. 
As empresas de abastecimentos de água em nosso país tem um sistema de captação e distribuição de água obsoleto que causam um desperdícios enormes de água tratada que não chega às residências para o consumo. São jogados milhões de metros cúbicos fora devido uma rede de tubulação que se rompe todos os segundos em todo o Brasil. Não há investimentos pesados para o saneamento básico e modernizar todos os sistemas de distribuição da água. Podemos constatar esta realidade todos os dias quando existem cortes bruscos no abastecimento de água e não precisamos ir longe para ver grandes vazamentos jorrando água por muito tempo e as providencias são tomadas lentamente e apenas fazem remendos que logo volta a acontecer os velhos problemas de sempre. 


A qualidade de vida começa na água potável diz a frase da imagem.
As ruas das cidades são todas esburacadas pelas companhias de abastecimentos tentando tapar os vazamentos constantes em tubulações que já perderam o prazo de validade e deveriam ser substituídas totalmente por outra moderna para evitar estes vazamentos. O governo que controla estas companhias publica não está fazendo a sua parte para evitar desperdícios e depois cobra da sociedade economia no uso da água, enquanto o gestor público dar um péssimo exemplo de desperdícios de água potável.   



Portanto, nesta semana da água vamos tomar consciência que devemos usar sem desperdiçar sempre e não só simplesmente neste dia ou durante esta semana. Preservar sempre, por quer é um bem que pode acabar e todos morem de sede.  Devemos evitar poluir nossos rios, represas, lagoas e todos os mananciais de água que nos abastecem, água é vida e para tenhamos uma qualidade de vida, imperativos termos uma água de qualidade total. Permanecer em alertas para qualquer tentativa de privatização da água, se isto vier acontecer não devemos hesitar de irmos paras ruas, praças e procurar os poderes públicos que defendem a água e as ONGs que lutam pela defesa da água e o meio ambiente.                                    

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.