Pular para o conteúdo principal

Nenhum prefeito ou vereador nos envergonhem.

A política no Brasil volta à cena no primeiro dia do ano de 2013.  A todo o vapor e muita festa em todo país com a posse dos novos vereadores, prefeitos e seus vices eleitos em outubro de 2012.
A imagem nas cores do Brasil diz:posse dos novos eleitos.
Os novos eleitos prefeitos e vereadores nas eleições de 2012, tomam posse de seus cargos em 1º de janeiro de 2013. Como manda a atual legislação eleitoral. A política no Brasil volta à cena no primeiro dia do ano de 2013.  A todo o vapor e muita festa em todo país com a posse dos novos vereadores, prefeitos e seus vices eleitos em outubro de 2012. Segundo o TSE são 5.564, o total de prefeitos aptos para assumir o cargo do executivo municipal e nem todos tomaram posse hoje. Alguns municípios haverá nova eleição em março, isto porque muitos prefeitos eleitos foram enquadrados na lei da ficha limpa. Mesmo sendo eleitos e atingiram mais de 50% dos votos válidos mais um e foram impedidos de assumirem seus cargos, assume as prefeituras o presidente do legislativo municipal. Também nesta situação se encontram muitos vereadores espalhados por todo o país. Esperamos que todos os eleitos que assumem seus cargos de grandessíssimas responsabilidades nos municípios brasileiros não venham envergonhar seus eleitores. 


Os novos prefeitos e vereadores vão assumir seus cargos eleitos democraticamente pelo voto popular direto. Todos são escolhidos majoritariamente pela maioria dos eleitores. A tarefa destes novos administradores é trabalhar sem exceção para os moradores das comunidades; não importa o tamanho e nem a sigla partidária que vai administrar o município. Eles foram eleitos para trabalhar arduamente e com ética para melhorar as condições de vida da população; que anseia por melhor qualidade nos serviços da administração pública. A partir de hoje todos esperam mudanças, que venham proporcionar uma melhor condição de vida a todos. Os novos dirigentes municipais nunca devem esquecer que são os primeiros funcionários públicos eleitos pelo povo, a serviço do povo como manda a lei. Eles vão administrar não os recursos próprios, mas sim o bem comum; fruto do pagamento dos impostos mais pesados do mundo.  Os trabalhadores brasileiros irão receber, a partir de hoje, um salário mínimo “milionário”, para não dizer de fome, no valor exorbitante de R$ 678,00. É deste pífio salário que todos nós vamos trabalhar muitas messes do ano para pagar a pesada carga tributária para manter os municípios e a união funcionando. Muitas vezes somos obrigados a fazer terríveis escolhas, pagar os truculentos tributos municipais, deixar de comer ou comprar remédios.

Então os nos prefeitos e vereadores que assumem hoje as prefeituras e câmaras de vereadores devem ter este zelo com o dinheiro público. Nunca devem sair desperdiçando com futilidades e deixarem as comunidades desassistidas dos serviços essenciais.  É obrigação dos municípios mantê-las, segundo, as políticas públicas existentes. Conforme as leis que regulam a administração pública.  Cabe ao poder legislativo municipal manter esta rigorosa fiscalização continua sobre o executivo municipal para evitar qualquer tentativa de corrupção.  O cidadão também tem esta missão de fiscalizar onde está sendo investido seu dinheiro derivado dos impostos que paga aos cofres públicos. Hoje nós temos inúmeros mecanismos que podemos pedir informações e explicações, não satisfeitas denunciar aos órgãos públicos competentes para averiguações.  Já mais, permitir que nosso suado dinheiro possa abastecer a ostentação podre da corrupção dos nossos administradores municipais. Só para lembrar temos a lei de acesso a informação, lei da ficha limpa e outras, que responsabilizam e punem severamente qualquer administrador corrupto.

Portanto, não devemos ficar de braços cruzados, observando as atitudes de algum administrador público em situações nebulosas suspeitas acontecerem; nunca permanecer na omissão é dever do eleitor denunciá-lo. Agindo na omissão estamos compactuando com as negociatas abomináveis deles.  Consequentemente somos os mais prejudicados. Por quer os nossos impostos vão para vala comum da corrupção e finalmente não teremos retorno nenhum dos serviços mais essenciais que necessitarmos para manter qualidade de vida no município onde habitamos.

Espero que todos os que assumirem seus cargos públicos tenha consciência da responsabilidade em administrarem o bem comum de uma forma equitativa, abalizado nos princípios éticos. Que todos façam uma administração exemplar durante estes quatro anos. Principalmente a população dos municípios brasileiros tenha um salto significativo na qualidade de vida. E que nenhum prefeito e vereador sigam o caminho da corrupção. Não nos envergonhem diante do mundo, sejam exemplos para a comunidade local e para o país. No entanto, devem seguir o caminho austeridade guiados através da: retidão, transparência, e da ética. Fujam dos devaneios e glamour do poder sem responsabilidade, mas pensem no grande compromisso com o povo que o passou uma procuração publica, por meio do voto, para administrar bem o município. Espero que façam um governo municipal justo para todos.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.