Pular para o conteúdo principal

Salario mínimo do Brasil é ínfimo.

SALÁRIO MÍNIMO DO BRASIL SIMPLESMENTE  RIDÍCULO.

a nova fortuna do trabalhador brasileiro

Muito importante fazer a correção da postagem sobre o salário mínimo brasileiro uma retificação desta é fundamental para não gerar confusão entre os meus nobres leitores e os trabalhadores do Brasil. A partir de primeiro de janeiro de 2013, todos os trabalhadores vão ficar um pouco mais milionários em vez de receberem um mísero salário de R$ 667,75, agora é oficial passarão a receber um salário mínimo de R$ 678,00  um aumento exorbitante de R$ 10.25, que este blog; “analiseagora” já mais poderia deixar de fazer está importantíssima e imprescindível correção. Diante das profundas e intermináveis discussões resolveram o enigma da equação salarial, abonando um aumento descomedido que equivale a 9% em relação ao salário de 2012 que era de R$ 622,00. Ganhamos um rico e vergonhoso aumento de R$ 56. Enquanto o DIEESE calcula um salário para as famílias viverem  dignamente que seria de R$ 2.873,56. Um sonho totalmente irrealizável por falta de vontade política e equidade na distribuição da riqueza deste país. Lamentavelmente tudo que se produz, uma apropriada parte vai para a ostentação da vala abjeta da corrupção brasileira.


Em 2013 teremos mais dinheiro no bolso “como nunca visto na história deste país” desde que saímos do império mergulhamos na República, passamos por todos os processos históricos, até a redemocratização. Posteriormente passados por todos os processos eleitorais, cada vez a maioria dos brasileiros  continuam  sendo  mais pobres e meia dúzia hiper-ricos. Todavia, desta vez ficaremos “mais ricos” como nunca neste Brasil sustentado pela desigualdade social. É melhor “rir para não chorar”. A situação é mais delicada do que pensamos; por mais impacto que gere na Previdência Social é injustificável um salário ridículo deste que o governo brasileiro anuncia com toda pompa, após meses de grandes polêmicas discussões na Câmara e no Senado Federal e chegarem à conclusão de que fizeram das “tripas coração” para poderem pagar um salário mínimo ínfimo,gerador  de fome e não de riqueza; para os trabalhadores e aposentados deste país. Onde a concentração de renda esta nas mãos de poucos e a miséria em toda base da pirâmide  social brasileira.

reajustes insignificantes em propoção a inflação


Infelizmente esta história está muito longe de ser mudada, a distribuição de renda da “sexta economia do mundo”, a grande população que produz esta riqueza que espanta o mundo, apenas poucos têm o direito de usufruir e com esbanjamentos esta riqueza. Enquanto isso, milhões de brasileiros não tem o que comer e muito menos comprar as medicações para sanar as doenças que surgem nos piores períodos da vida. Um momento delicado, quando se chega quase no fim da vida e se aposentam. Alguns, às vezes por idade; outros através do infortúnio das circunstancias que os levam a invalidez. A maioria das aposentadorias no Brasil é por tempo de serviço, mas ao longo do tempo vão sendo corroídas pelo horrendo fator previdenciário que destrói os salários dos aposentados. No entanto só há promessas dos nossos parlamentares para acabar com esta praga roedora dos salários dos trabalhadores aposentados. Portanto, meus amigos administrem bem e com muito cuidado este espetacular salário mínimo, uma fortuna, que vai delinear nossas economias por todo este ano de 2013.                                                      

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.