Pular para o conteúdo principal

Vitoria da educação no STF



VITÓRIA DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO

Este artigo analisa que todos os educadores de seis Estados do Brasil que até agora vinham sendo injustiçados pelos seus patrões públicos, obtiveram uma importante vitória na Justiça Federal neste mês de novembro.
a lei não se discute todos cumprem

Todos educadores dos seis Estados brasileiros que até agora vinham sendo injustiçados pelos seus patrões públicos, obtiveram uma importante vitória na Justiça Federal neste mês de novembro. Através da grande luta dos trabalhadores em educação, dos estados onde os governadores pretendiam prejudicá-los; através da malfadada ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) nº 4.848; que tinha como objetivo barrar o indexador do Governo Federal, o Fundeb e implantar o reajuste pelo INPC. Reajustando por baixo os salários dos professores.
A lei deve ser cumprida por todos

Todos educadores dos seis Estados brasileiros que até agora vinham sendo injustiçados pelos seus patrões públicos, obtiveram uma importante vitória na Justiça Federal neste mês de novembro. Através da grande luta dos trabalhadores em educação, dos estados onde os governadores pretendiam prejudicá-los; através da malfadada ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) nº 4.848; que tinha como objetivo barrar o indexador do Governo Federal, o Fundeb.

E implantar o reajuste pelo INPC. Reajustando por baixo os salários dos professores.


A categoria sempre exigiu o índice do governo federal o Fundeb. Este índice reajusta os salários de acordo com a lei do Piso do Magistério e paga um índice justo a todos os professores do Brasil. Graças o bom senso do STF (Supremo Tribunal Federal) foi concedido o indeferimento a estes governadores que sempre lutara contra o piso nacional do magistério. Até gora sempre foram derrotados por que a justiça já determinou esta lei constitucional.

Os governadores dos seis estados que trabalham na contramão da justiça são eles os Estados do: RS, RO, SC, MS, GO e PI, Estes governadores sempre se uniram contra a educação e principalmente contra a implantação do piso nacional do magistério, que já foi ratificado como lei; pela a corte suprema da justiça brasileira. Sempre os mesmos criaram obstáculos de ilegalidade constitucional para que os professores não recebessem o piso como manda a lei em sua integralidade.

Portanto, mais uma vez fica comprovado que só através da luta e união de todos os docentes se consegue concretizar os objetivos propostos e pela categoria. Ficar de braços cruzados esperando que o governador seja “bonzinho” e conceda alguma coisa aos trabalhadores em educação sem o mínimo de esforço; poder ter a absoluta certeza que jamais isso vai ser realizado um dia.




Por isso, analise, agora bem: o Cpers/Sindicato está exigindo do governo do Estado do Rio Grande do Sul, um reajuste emergencial de 28,98%%. Para compensar as perdas salariais com o não cumprimento da lei do Piso Nacional do Magistério. Que já são mais de 700 dias sem o cumprimento e pagamento é hora da categoria reagir.




título do blog "analiseagora"

A entidade está convocada a todos os professores para uma assembleia geral no próximo dia 29 de novembro de 2012; a partir das 13 horas em Porto Alegre, na Praça da Matriz para analisar e discutir este pedido de reajuste ao governo do Estado do RS. Para os parcos salários que os educadores vêm recebendo. Está na hora de mudar essa injusta realidade, só mudará com a união de todos os professores engajados no calendário de lutas da categoria. Participando em ampla maioria nesta assembleia dos professores gaúchos.

O blog analiseagora convidando todos os professores para a assembleia convocada pelo Cpers/sindicato,




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vender cosméticos é excelente opção para derrotar a crise econômica pessoal e familiar.

Alternativas para derrotar a crise econômica.  Nos momentos de crise econômica não se pode permanecer parado. A venda direta de cosméticos ao consumidor é uma ótima opção de renda e ganho rápido. Não adianta permanecer parado em situações de crise econômica que afetam diretamente o núcleo familiar e pessoal, esperando as coisas acontecerem sem partir para uma incisiva ação. Esta atitude não resolverá em absolutamente nada. Pelo contrário provocará desanimo, ansiedade e muitas doenças imagináveis que impedirá de fazer qualquer coisa. Neste momento são necessárias atitudes ousadas, criativas, sobretudo muito esforço visando aumentar a renda mensal.
Melhor do que pensar em fazer empréstimos neste momento para quitar dívidas, somente irá piorar a situação para todos. Ao mesmo tempo entrar numa bola de neve monetária sem fim, para somente enriquecer os bancos e financeiras.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença um sentimento negativo presente nas relações humanas.

A indiferença presente nos diversos setores da vida.A indiferença um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimentonegativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos.
Podemos perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. No plano social há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos humanos reagirem indiferentemente frente os problemas alheios. No âmbito governamental o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente entre nação dominante em relação à naç…