Pular para o conteúdo principal

Pai, em constante zelo.

O legitimo amigo é pai.

A missão de ser pai e educadores nesta conjuntura atual e desafiadora.

Neste dia alusivo ao dia dos pais desejo fazer uma reflexão a respeito da missão de sermos pais educadores, em uma conjuntura desafiadora a formação dos nossos filhos. Além de ser um momento propício e importante para todos nós pais raciocinarmos se estamos sendo ou não bons exemplos para os filhos. Na realidade os pais de hoje quase não dispõem daquele tempo necessário para observar e acompanhar o processo de amadurecimento de seus filhos.
A maioria não faz isso por negligência, mas o que os impedem de executar esta sublime função, são os inúmeros compromissos de trabalhos assumidos constantemente, para poder suprir as necessidades das proles de uma forma digna de um progenitor responsável. Há situações de displicência sim, onde não acontece uma vivencia autentica entre pais e filhos.  Geralmente tem pais que não: protege, orienta, conversa, passeia e não conhece seus filhos só sabem que eles existem e nada mais. Nem sempre os pais conseguem satisfazer os constantes apelos consumistas dos filhos, induzidos através das constantes solicitações de consumo em todos meios de comunicações, que estão à disposição 24 horas diária.

A responsabilidade de ser pai.

O momento atual é muito complexo para qualquer homem que deseja assumir a responsabilidade de ser pai, em uma conjuntura desfavorável à educação de qualidade para os seus filhos. Não é simples promover um sistema de valores educacionais familiar nos dias de hoje. Não é responsabilidade de a escola promover a educação dos filhos é tarefa dos pais, a escola só pode complementar este processo que deve ter sua base em casa. A legítima educação vem do berço, de casa. Há muita interferência externa que entram em confronto com o que é ensinado no lar; são grandes os apelos de pessoas estranhas com valores inversos; que tentam impor de qualquer forma, outros ensinamentos que deturpam o que é ensinado em casa. 

Os pais devem ter atenção redobrada nesta missão cheia de grandes obstáculos e que impedem uma educação sadia repleta de valores que formam os fundamentos sólidos para uma vida inteira. O que se aprende no lar, com absoluta certeza os filhos, transporta como se fosse um GPS que o faz trilhar correto nos caminhos tortuosos que podem surgir na vida. Principalmente neste mundo repleto de falsas ilusões. Pois tudo o que são proporcionados de uma maneira descabida e sem modéstia aos nossos queridos filhos, simplesmente são chamamentos perigosos que não leva a nada e muito menos a lugar nenhum.

Os perigos dos filhos se afastarem das orientações do seus pais.

Quando os filhos saem das orientações dos pais, começam a navegar em canais cheios de abismos ou rotas perigosas que os arrastam a um fim trágico. Mais do que nunca, quem se propõe a assumir uma paternidade responsável, acima de tudo deve ter uma vida regrada de valores salutares que sirvam de exemplos para seus filhos seguirem sem medo e com orgulho. Não esqueçam pais deve ser espelho para os filhos. Os pais que não derem bons exemplos não têm moral de cobrar dos filhos que sejam uma boa pessoa, cidadãos corretos revestidos de dignidade, honestidade e ética. 

Há situações em que os filhos não respeitam seus pais, por que os pais não são exemplos de bons pais. Em seu lar templo sagrado da família, há muitas situações em que os pais o destroem fazendo coisas que são reprováveis aos olhos dos filhos. Sendo desta forma os progenitores perderam a autoridade e a moral diante de seus próprios filhos. Não podem exigir e cobrar nada. Pois, não os ensinou a andarem em caminhos seguros para serem pessoas firmes em busca de realizações pessoais e de sucesso. Geralmente os filhos seguem os caminhos dos pais, o que os pais fazem eles fazem também ou similar. Raramente de um lar desequilibrado, desarmônico, sairá alguém de sucesso. 

Existem personagens na história de grandes realizações que surgiram de lares problemáticos, ou os filhos nem conhece os pais por abundantemente razões e são grandes bem feitores da humanidade. Também tem filhos que obtiveram uma educação exemplar, mas foram fracassados na vida, às vezes motivo de vergonha para os pais e a família em geral. Como se diz em tudo tem suas exceções, nada neste mundo é perfeito. Corremos todos os segundos para melhorar um pouco do que somos.

A importância da presença dos pais junto aos filhos.

No entanto, solicitações a todos os pais que amem mais os seus filhos estejam mais presentes, sejam participativos em tudo troquem fraudas, levem ao pediatra, levem a escola, etc. Acompanhe seu rendimento escolar, brinquem mais, ouça os com atenção e carinho, converse sem reprimir, reserve em sua agenda diária um tempo especial para isso. Faça tudo isso e um pouco mais, em vez de os encherem com algo material e fugaz. Seja o porto seguro para eles, o referencial para todos os momentos e circunstancias. Não brigue e nem ridicularize, dialogue, valorize, elogie, ressaltem tudo que eles fazem de bom, de positivo e esqueçam tudo que for negativo. 

O pai é amigo presente.

Ressaltando sempre o positivo para uma educação equilibrada e sem transtornos. Evitem que estranhos mal-intencionados, façam papel de orientadores de seus amados, tirando das mãos gente perniciosas que os levarão um caminho sem volta. Vigiem sem cessar e com muito zelo e atenção sobre os relacionamentos virtuais dos seus amados filhos. O mundo virtual está repleto de criminosos camuflados de pessoas honestas. Por isso, todo o cuidado é pouco, o controle de contas e senhas dos filhos é fundamental para uma prevenção de futuros problemas. Isto não configura invasão de privacidade. Devemos ser categóricos é precaução com a segurança com aqueles que são mais frágeis e caros a todos os papais. É um desafio constante ser pai hoje em uma sociedade descontrolada sem segurança e voltada ao consumo sem limites. E assim todos devem obrigatoriamente permanecer em constante zelo com seus filhos.

Os filhos devem respeitar seus pais.


Portanto, filhos respeitem seus pais seja ele o que forem iletrados ou letrados, ricos ou pobres, jovens ou velhos, sadios ou doentes. Todos eles merecem o respeito, a dignidade. Sejam verdadeiro amigos de seus pais, brinque, jogue bola, faça uma caminhada na ciclovia ou no parque. Aproveite todo o tempo que puder siga os bons exemplos, tire lições de seus ensinamentos para a vida, ouça mais seus pais do que os amigos. Compartilhe tudo que for legal aos seus pais enquanto os mesmos estão vivos, depois só restam saudades. Nunca já mais escondam nada de seus pais. 

Não o pressionem para obterem o que seus pais não podem comprar. Poupe-os de deixar seus pais tristes por que os mesmos não podem satisfazer seus desejos de consumo. Em vez disso os abracem, e digam obrigado pai por tudo que me destes, segundo as tuas condições. Este será o mais valioso presente que os filhos podem dar aos seus pais, o reconhecimento por tudo que eles fazem e podem dar.   Sejam felizes com os pais que todos têm. Sejam uns legítimos companheiros de todas as horas e circunstâncias diversas. Já mais pensem em abandonar quem sempre os amou e cuidou desde pequenos e sempre estão vigilantes. Vocês jovens que ainda não são pais só saberiam alegria e ao mesmo tempo os compromissos de serem pais no dia que vocês forem chamados de pai ou papai. FELIZ DIA DOS PAIS!

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.