Pular para o conteúdo principal

Está na hora de isentar o cidadão brasileiro do voto obrigatório


imagem de urna onde é depositado o voto obrigatório no Brasil

Está na hora do nosso país dar um passo firme rumo à sedimentação da nossa democracia. Instituindo uma profunda reforma eleitoral para isentar o cidadão do voto obrigatório. Um país onde se fanfarreia pelos quatro cantos do mundo que tem uma democracia madura, deve dar o exemplo de não obrigar a ninguém a votar contra sua vontade.  Criar uma lei com todos os mecanismos democráticos a que venha livrar a todos deste jugo do voto obrigatório. Assim, com esta maneira contribuir ainda mais para um pleno regime democrático de fato.
O voto obrigatório contribui infelizmente para eleitores que não tem consciência do poder de seu voto para fazer uma verdadeira corrupção vendendo, trocando esta ferramenta democrática por coisas fúteis, tronando-se verdadeiros criminosos de um direito legal próprio. Em alguns casos até se tornando refém de candidatos que infringem a lei deixando estes desinformados eleitores atrelados a chantagens banais. Em um país que se declara desenvolvido e democratizado isto não pode acontecer. Os maiores países desenvolvidos  do mundo seus cidadãos não são obrigados e penalizados a votar com acontece aqui no Brasil.Quem deixa de cumprir com suas obrigações eleitorais sofre penalidades previstas em lei  pela Justiça Eleitoral.
O voto obrigatório não permite que os candidatos possam também fazer um esforço maior para conquistar o voto do eleitor com propostas de políticas públicas transformadoras para o seu ambiente social. Muito menos promover debates de idéias convincentes nas chamadas bases eleitorais. Em sua campanha segue o caminho mais fácil. O de suceder realmente na tentação de comprar o voto das pessoas negociando por: comida, material de construção, bebidas alcoólicas, presentes, abastecimento de carros em postos de combustíveis, e até mesmo dinheiro.
Tem candidatos que chegam ao cúmulo da falta de vergonha ou loucura de ganhar um pleito. Deixando rastros fáceis para serem pegos mais a frente, através de denúncias ou pela competente fiscalização da Justiça Eleitoral para comprovação do ato criminoso. Em vários casos fazendo a seguinte lambança da ridícula esperteza: oferecer para o eleitor conivente, com essa falcatrua, abjeta, uma parte do pagamento da compara de voto em dinheiro no início e o restante no final da campanha. É vergonhoso para o mundo saber dessas coisas, mas neste Brasil continental e principalmente nos mais longínquos lugarejos acontecem esta indecências em relação a algo tão precioso como o voto do cidadão.  
Portanto, por todos estes fatos sou contra o voto obrigatório. Por quer esta modalidade de escolha dos nossos representantes é por si autoritária e abre grandes possibilidades dos políticos juntamente com eleitores não conscientes do poder de seu voto, fazerem coisas que desvirtua o voto e deixe de ser um ato de civilidade e cidadania, passando a ser algo de repulsa no campo da democracia. É óbvio que em um país onde há uma cultura da corrupção impregnada na mentalidade de um povo, uma mudança de sistema para votação não eliminará por completo essas atitudes repudiáveis, mas coibirá profundamente com estas práticas lamentáveis em nosso Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.