Pular para o conteúdo principal

A luta do magistério gaúcho

A LUTA DO MAGISTÉRIO GAÚCHO CONTINUA
 
professores em passeata por dignidade
O desacordo entre o governo gaúcho e magistério parece não tem fim. Mais uma vez os trabalhadores em educação deram uma demonstração de força e união dizendo não a prepotência do chefe do executivo do RS. Em assembleia Geral realizada na tarde do dia 02/02/20102 em frente ao palácio Piratini sede do governo. Não aceitando sua proposta que não cumpre integralmente piso nacional do magistério.
 O governo oferece uma proposta que atinge a casa de 76%%. Só que este reajuste é em longo prazo, ou seja, a perder de vista até 2014. Ou melhor, será dividido em 7 intermináveis parcelas com índices que não faz diferença no contra cheque dos professores, e depois é fim de mandato e quem garante que o próximo governo cumprir com essa proposta. Isto não é esclarecido para a comunidade escolar e a sociedade como um todo.
Por conta desta situação, tem muita gente dizendo que com esta proposta (milionária) o magistério ficará rico e o governo tenta de uma forma bem clara jogar para o povo esta falácia. Mas o CPERS/sindicato reivindica o pagamento integral do piso anunciado pelo Ministério da Educação (27/02/2012) que é de R$ 1.451 para este ano de 2012,dividido em três parcelas.
 Portanto, assembleia geral votou e aprovou uma proposta séria e que deve ser objeto delongas discussões entre Sindicato e Governo do Estado. Esta proposta é parcelada em três vezes com valores iguais de 22,41%. Como a oferta do Piratini não garante o cumprimento do piso. Chega-se a uma dramática conclusão, que ao final de 2014, o governo estaria saldando ao trabalhador em educação, um valor parco de apenas R$1.259,11, num período semanal de 40 horas.
Ficando abaixo do valor acordado para 2012. 
No entanto, com mais este episódio, fica transparente que simplesmente a educação não tem prioridade em nosso Estado.
 No mesmo dia da assembleia dos educadores, se deu prioridade para as obras da copado mundo.  O governo movimentou: lideranças, representantes políticos de todo do estado, empreiteiras e entidade futebolística, e estavam a todo o vapor com seus interesses e forças totais voltados, para solucionar um problema de infraestrutura para um evento bem distante da atual situação em que se encontra o magistério do RS. São nesses momentos que se percebem claramente quais prioridades as nossas governantes valorizam.

 
professores em frente ao palácio Piratini
 Daqui em diante teremos muitas lutas, vai ser um ano aonde as relações vão se confrontarem. O sindicato terá uma missão enorme para negociar com um governo endurecido com os professores. Cabe agora cada educador fazer sua parte de participar junto sua entidade representativa e respaldar apoiando e principalmente compartilhar o calendário de lutas aprovado em instancia máxima, assembleia geral. Para podermos sim, reverter este quadro de penúria e um futuro que vislumbra péssimas perspectivas salariais e de educação sem qualidade para a sociedade gaúcha.
Este estado já foi uma vez no Brasil, pioneiro na melhor educação pública. Hoje deixa a desejar para vários outros estados da federação de menor visibilidade. Chegaram o momento de todos os gaúchos lutarem por uma educação de qualidade e consequentemente uma vida melhor.

   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.