Pular para o conteúdo principal

A dramática política salarial do RS uma guerra sem fim.

http://www.analiseagora.com/
Professores contam moedas para sobreviver dramaticamente.
Mais uma vez a história se repete. Entra governo e sai governo, tudo fica na mesma ou piora ainda mais a situação das pessoas, permanece mais terrível do que era antes. Quem assume uma nova gestão, não cumpre com as propostas de campanha para chegar ao poder. Todos os juramentos caem no esquecimento intencional e deixando os trabalhadores em educação morrendo à míngua.
O nosso governo encontra uma lista infinita de desculpas para justificar o não cumprimento do que já é lei, isto é, o piso nacional do magistério. E se não bastasse isso; governo faz e manda projeto de lei de reajuste salarial bem fora da realidade, em que se encontra a categoria.
 Em estado gradativo de falecimento. Por não poder prover as coisas mais básicas de sua vida como alimentação, moradia, plano de saúde, dignas que os auxiliam como trabalhadores em educação, que faz jus ao seu salário, equitativo, para trabalhar com excelência.
 É simples mente uma situação precária, percorrendo num ritmo veloz caindo num abismo de miséria total.
Estamos calejados, de nós funcionários públicos e em especial os educadores, ao longo dos anos sermos iludidos por todos aqueles que detêm o poder sobre nós.

http://www.analiseagora.com/
Cédula de 2 reais brasileiros representa o ínfimo salário do professor


Portanto companheiros educadores (a) agora é o momento de unirmos forças e batalhar pela sobrevivência e principalmente para termos garantidos nossos direitos e sermos respeitados em primeiro lugar como ser humano e em segundo como trabalhadores que tem uma nobre missão de ajudar a promover a cidadania dos nossos estudantes.


Chegou o momento de promover granes debates sobre este tema polêmico e ao mesmo temo organizar as manifestações em todos os Estado do RS. Começando nas escolas, tomando as ruas, até chegar à assembleia geral da categoria. Com soberania e democracia para defender a nossa dignidade como trabalhadores em educação. Educação que é a mola propulsora, que impulsiona o desenvolvimento, em todos os prismas de uma nação civilizada e desenvolvida.  

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.